Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Seg | 01.04.13

Book Review: O Diário da Minha Melhor Amiga


Tempo extra em férias da Páscoa certamente tinha de significar ler um livro! Assim, a minha escolha recaiu num que já tinha comprado mas ainda não tinha tido oportunidade de ler: O Diário da Minha Melhor Amiga, de Jill Abramson. Jill Abramson é a directora editorial do jornal The New York Times e partilha neste livro as aventuras de Scout, a cadelinha da família, durante o seu primeiro ano de vida.

Jill tinha tido um cão, Buddy, que morrera aos 16 anos. Desde então tinha decidido não ter mais nenhum cão na sua vida, uma vez que não sabia se seria capaz de amar outro animal tanto como amara Buddy e receava a dor de mais uma perda futura.

No entanto, após um acidente aparatoso que a leva a ficar em casa durante alguns meses, Jill sente-se sozinha. Com os filhos na Universidade e o marido em trabalho, a directora editorial sente que necessita de uma outra companhia na sua vida. É então que o marido, Henry, a leva a uma conhecida criadora de Golden Retrievers que tinham a distinta característica de serem quase brancos. A criadora apresenta-lhes a ninhada que tinha nascido há poucas semanas e Jill e Henry rapidamente se apaixonam por Scout, a mais pequena e meiga de todos os irmãos.

Semanas mais tarde Jill e Henry levam Scout para casa e é assim que toda a aventura começa. Desde botas que aparecem desfeitas, a puxar de trela constantes, dúvidas na ração a escolher, como treinar a sua cachorrinha, bem como algumas asneiras dentro de casa, Scout enche a vida dos novos donos e ao fim de um ano, Jill percebe que está pronta para dar a Scout tanto amor como o que tinha por Buddy, que nunca irá esquecer.

Jill termina a redacção deste diário com a citação "A verdade é que acolher um cão novo nos faz sentir saudades daquele que tinhamos antes. O meu coração ainda sofria pela perda de Buddy, que morrera há pouco, com 16 anos. Todos nos incentivavam a arranjar um novo cão mas eu pensava não estar ainda preparada. Mas foi então que a cadelinha Scout se juntou à nossa família. E foi ao vê-la brincar na neve que soube que tinha passado no meu teste: o meu coração estava de novo completamente rendido."


Eu realmente adorei este livro e li-o todo num dia. Quem tem animais de estimação certamente se irá rever em muitas das aventuras citadas ao longo da história. Quase todos os donos de animais que conheço dizem que um dia que venham a perder o seu companheiro não querem ter mais nenhum. Jill e este livro são a prova de que é possível voltar a amar sem ter medo de sofrer, que é possível fazer um animal feliz e que também ele nos fará felizes a nós, independentemente do que se viveu no passado. É muito curioso o facto de, ao longo do livro, Jill relatar dúvidas que surgem a muitos donos de animais: que ração escolher, como treinar o animal, que métodos de ensino serão melhores (Cesar Millan acaba por ter uma participação numa das aventuras de Scout), e aborda de facto todas as dificuldades e alegrias do primeiro ano de um cachorro. Quem está a pensar acolher um animal deve sem dúvida ler este livro. Aconselho-o a todos os amantes de animais no geral, pois a história apaixona-nos completamente! Ao longo do livro vão também encontrado fotos da Scout e da sua família durante alguns dos momentos mais marcantes do seu primeiro ano de vida, e isso permite-nos sentir como se estivessemos a viver esses momentos com ela, o que é fantástico. Tive pena quando cheguei ao fim, pois é um livro fantástico que recomendo a todos!

Os interessados podem adquirir este livro aqui por 12,51€ (aderentes) ou 13,90€ (não aderentes).

3 comentários

Comentar post