Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Ter | 12.02.13

O roupeiro perfeito é...


Normalmente aproveito as férias de Carnaval para fazer uma limpeza ao roupeiro. Tirar o que não uso para dar, ver se algo precisa de ser arranjado, se há peças a precisar da reforma ou se há peças que me fazem falta. Na verdade acho essencial de vez em quando darmos uma vista de olhos. E ao pensar nisto, fiquei a pensar também: o que será o roupeiro perfeito para cada uma de nós? Ouço muitas raparigas dizerem que adoravam ter centenas peças de roupa e uma centena de sapatos, mas será que isso é o roupeiro ideal?

Para mim o roupeiro ideal é aquele que tem as peças básicas - que usamos mais no dia-a-dia - de boa qualidade para que durem e durem mesmo entre várias lavagens. Depois, claro, algumas peças mais tendência, de acordo com a temporada, que não precisam de ter uma qualidade tão boa mas também não devem ser farrapos. E com ter boa qualidade não digo que se tenha de ir às lojas mais caras, simplesmente devemos experimentar, ver se a peça fica bem, se tem bom corte e se o material é duradouro. Os saldos são uma óptima época para comprar peças melhores por um preço mais reduzido. Deixo-vos, por exemplo, uma selecção de 10 peças básicas que acho essenciais para a próxima estação (todas as peças são H&M/Pull&Bear e as sapatilhas Converse):


Ninguém diz que não se façam mais compras (eu própria adoro fazer comprinhas), simplesmente é essencial comprar com cabeça e manter sempre o espaço organizado. Sempre que uma peça não serve ou a pessoa já não usa o melhor é dar para a caridade ou vender a uma loja de 2ª mão (se houver alguma na zona). Outro factor essencial para um "bom" roupeiro é mantê-lo arrumado/organizado e tratar bem das peças. Fazer a limpeza da roupa com cuidado, por exemplo, é essencial para que as peças se aguentem em bom estado durante muito tempo e, assim, durem mais tempo e compensem o investimento.


O tipo de organização irá sempre depender de quanto espaço se tem. É essencial primeiro que tudo analisar se tudo o que se tem cabe no espaço disponível, caso contrário ficará tudo "a monte" e desorganizado, o que não só estraga mais facilmente as roupas como não permite ter acesso visual a tudo o que se tem. Assim, quando o espaço não é suficiente é necessário arranjar mais espaço ou então fazer a dita selecção de peças, mantendo apenas aquilo que realmente se usa e gosta.

Depois em termos de organização propriamente dita, eu gosto de ter uma secção para cada coisa. Uma prateleira/gaveta para calções, uma para calças, uma secção para vestidos e por aí em diante. Desta forma sei sempre onde tenho tudo, permite-me ver se não tenho peças parecidas e é muito mais fácil para escolher o que vestir pela manhã. Acaba também por salvar alguns €€, já que não se compram peças repetidas e, quando bem organizadas, estas não se estragam com facilidade. Quando a oferta de organização não é muita, é possível comprar alguns cestos, caixas e outros acessórios (o Ikea é um excelente espaço) para organizar melhor.

Muito simples, não é? E o vosso roupeiro, está organizadinho? :)

7 comentários

Comentar post