Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Seg | 04.08.14

De volta a casa :)

Olá princesas! Estou de volta a casa! Não sei se repararam, mas estive fora nas duas últimas semanas, fez-me tão bem descansar uns dias, era mesmo o que estava a precisar. Na semana antes de ir parecia uma maluca, com tanto post e vídeo para fazer, mas espero que tenham gostado de ter novidades diariamente, mesmo estando eu fora! Hoje não vos consigo trazer um vídeo, pois não tive tempo de filmar, mas espero publicar um o mais brevemente possível :) Entretanto, com esta ausência, tenho 345 comentários para responder, por isso espero que tenham um pouco de paciência, eu vou responder com a maior brevidade possível!! Mais uma vez obrigada pela vossa compreensão :)
Dom | 03.08.14

Throwback Sundays #3: Linguagem de beleza: bb, cc, sérum??!!

 Esta semana quero recomendar-vos o post Linguagem de beleza, que não é muito antigo, mas convém sempre relembrar pois continuo a receber muitas perguntas sobre o que é cada produto, etc. Assim, no post encontram um dicionário da cosmética, para que percebam a função de cada produto. Podem ver o post clicando na imagem abaixo:

Bom Domingo :)
Sab | 02.08.14

Weekend Post #4: O que significa para ti a maquilhagem?

 Hoje trago-vos um post de discussão, ou melhor, de partilha de ideias. A maquilhagem faz parte do dia-a-dia da maioria das jovens e mulheres adultas e é cada vez mais acessível às mais tenras idades. Hoje decidi partilhar convosco a minha história com a maquilhagem e a minha opinião sobre ela, e gostaria que fizessem o mesmo, pois acho fantástico saber de outras histórias e opiniões.
 A minha mãe sempre foi uma mulher que se arranjou bem e cuidou de si. Desde cedo que a vi maquilhar-se, especialmente com blush, rímel e batom. O que, obviamente, desde cedo despertou a minha curiosidade. Aos 12 anos tive o meu primeiro gloss com cor, um rosa clarinho, e usava-o todos os dias porque achava tão fantástico! Com 14 o rímel entrou na minha vida e era fantástico como me fazia mais desperta. Foi também nessa idade que a minha dermatologista me recomendou uma base ligeira, a OTC Compact, que era uma base compacta em creme indicada para quem tinha acne (hoje ainda existe a versão líquida em farmácias). Como desde os 13 sofria com algumas borbulhas, ela disse-me que poderia usar essa base para disfarçar um pouco a vermelhidão. Não dava muita cobertura, mas a pele ficava mais uniforme e disfarçava o tom vermelho das borbulhas. Foi então que a minha mãe me ofereceu um blush rosa clarinho, pois a base sozinha tirava um pouco as dimensões do rosto. E então, aos 14, eu tinha o meu primeiro kit de maquilhagem: gloss rosa, rímel, base compacta e blush rosadinho. Sentia-me mil e uma estrelas nos dias em que usava os produtos, apesar de não serem muitos, o que curiosamente coincidiu com o início do blog.
 Aos 15, já no Secundário, um pouco mais de liberdade e o início das saídas à noite com amigos, "descobri" o lápis preto. Comecei por usá-lo na linha de água quando ia a alguma festa, mas rapidamente começou a ser algo de todos os dias. E passei a usar não só na linha de água, mas também um pouco em redor do olho, ligeiramente esfumado, que gostava bastante. Até a minha mãe concordava que dava muito mais vida ao olhar! E diria que foi assim até aos 16. Aos 16 ainda usava bastante essa maquilhagem, mas comecei a interessar-me mais por diferentes produtos, novas técnicas, etc, sendo que foi aos 17 que comecei realmente a comprar uma maior variedade de marcas, procurar tutoriais, enfim.
 A maquilhagem não é essencial para mim, mas remonta-me ao espírito dos meus 14 anos, em que nos dá aquele bocadinho extra de auto-confiança e nos permite realçar aquilo de que mais gostamos. No dia-a-dia uso maquilhagem minimal, mas de vez em quando também gosto de brincar, fazer coisas diferentes e expressar-me mais. Porque a maquilhagem também é uma forma de expressão, e não uma forma de esconder o que não gostamos. E acho que é assim que deve ser encarada. A maquilhagem pode dar-nos um ar mais cuidado, mais profissional até, pelo que os lados positivos são muitos. E se tiverem manchas, acne, enfim, porque não cobrir esses problemas? É uma opção que está ao nosso alcance e nos pode ajudar a sermos mais felizes connosco :) Agora, a maquilhagem nunca é mais importante do que um bom cuidado de pele, pelo que esse deve ser sempre o primeiro investimento!
Como se sentem em relação à maquilhagem? Qual a vossa história? Partilhem comigo as vossas histórias e opiniões, deixando um comentário neste post. No dia 9 de Agosto vou sortear uma delas para ser partilhada aqui no blog e a autora receberá um presente surpresa :)
Sex | 01.08.14

Formula X The System

 Para o post de hoje trago-vos um breve review do novo sistema de unhas da marca Formula X, um lançamento exclusivo Sephora. Este sistema promete unhas perfeitas durante muito tempo e já tenho vindo a falar sobre ele em vários vídeos, mas hoje queria realmente dedicar-lhe um post, pois acho que merece!
 O kit inicial é composto por um cleanser, uma base e um top coat e depois escolhe-se uma cor de verniz de entre as dezenas disponíveis. O kit "The System" tem o preço de 29,90€ e os vernizes custam 13,90€ se não estou em erro (os 3 componentes do kit inicial podem ser comprados em separado por 13,90€ cada). Assim sendo, sem dúvida é um investimento! Será que compensa? Como é que funciona?
 Vou primeiro debruçar-me na aplicação. O primeiro passo é aplicar o cleanser, que irá limpar a unha de todas as gorduras e impurezas, de forma a que o verniz possa aderir à unha. Seca instantaneamente, pelo que se aplica logo de seguida a base. Como qualquer outra base, o objectivo é proteger a unha, fortalecendo-a e impedindo que fique amarela, sendo que esta também agarra mais o verniz, uma vez que fica com uma textura meio "cola". De seguida aplica-se o verniz escolhido de forma habitual e, por fim, o top coat, que irá dar brilho às unhas e proteger o verniz, fazendo com que dure mais tempo sem escamar.
 Nas minhas unhas, fazendo as 4 etapas, o verniz fica impecável durante 2 semanas e acabo por ter de o remover porque se nota bastante o crescimento da unha. No caso da minha mãe o verniz dura 3 semanas antes que o crescimento da unha seja visível ao ponto de ter de mudar, tudo depende um pouco da velocidade de crescimento da unha de cada pessoa. É raro o verniz lascar! Se usarem o The System (Cleanser, Primer e Top Coat) com vernizes de outras marcas irão também prolongar a sua duração, uma vez que já experimentei com vernizes da Kiko e Chanel, fazendo-os durar quase o dobro do tempo que duram habitualmente. Assim, acho que é um bom investimento caso procurem uma manicure de longa duração. Caso gostem de mudar a cor frequentemente, penso que não vale a pena investir tanto nestes produtos, pois de facto o principal objectivos deles é dar a duração de um verniz de gel sem ser necessário aplicar o mesmo. Tal como não acho que adquirir apenas os vernizes seja uma boa opção, pois eles duram tanto tempo em conjunto com o sistema e não por si só, pelo que a melhor opção será adquirir os 4 produtos caso estejam interessadas.
 Já alguém experimentou produtos da Formula X? Qual a vossa opinião?

Pág. 3/3