Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Qui | 14.08.08

42 não é para gordas!

 O Tamanho 42 não é para gordas é o novo livro da Meg Cabot (13,99€). No entanto este post pouco ou nada tem a ver com o livro da também escritora de Diário da Princesa.

 Todos os dias quando entro numa loja ou mesmo na escola deparo-me com situações de raparigas que vestem o 42 e se sentem super frustradas com isso, fazem dietas malucas para emagrecer, e tentarem chegar ao tão desejado 36. Isto levou-me a reflectir ao longo de um tempo, e este post é mesmo isso: uma reflexão. Uma reflexão que quero partilhar convosco, com a simples razão de estas raparigas me preocuparem. Segundo o Diário do Comércio, os tamanhos vêm cada vez mais pequenos..e a cintura descida contribuiu para que se comprem tamanhos maiores. As ancas são naturalmente mais largas do que a cintura, o que faz com que seja necessário um ou dois tamanhos acima para que as calças, a saia ou os calções de cintura descida não fiquem demasiado apertados. É também um facto que as formas das fábricas estão cada vez mais pequenas.. se tiveres umas calças antigas podes comparar os tamanhos e verificar isso mesmo. Há, até, quem diga que hoje em dia o 40/42 é o 38 de outros tempos. Porque será que estamos a cair neste ciclo vicioso de as pessoas ambicionarem, cada vez mais, ser magras que nem uma linha a todo o custo? De as fábricas fazerem só medidas para top model? Há pessoas que acabam doentes, algumas até na loucura. Para quê? Para ser magra? Para vestir o 36? E a saúde? Não importa? O importante não é o tamanho que indicam as calças, mas sim o tamanho com que tu te sentes. O importante é que gostes do teu corpo, que te sintas segura e que gostes da roupa que estás a vestir. Talvez um dia vistas o 36.. mas com uma dieta saudável, com tempo, recomendada por um médico. Há pessoas que nunca o poderão vestir devido à estrutura óssea.. e depois? Qual é o problema? Todos somos bonitos à nossa maneira. Uma rapariga de corpo considerado normal que nunca vestiu umas calças 42 que atire a primeira pedra... Eu própria já comprei umas uma vez. Somos nós que temos culpa de os tamanhos serem cada vez mais pequenos? Não somos. E a nossa saúde também não. Um conselho? Sê feliz e não ligues à etiqueta das calças, o que tem mais valor é aquilo que tu és e não aquilo que tu vestes. Isto pode parecer cliché...mas é mesmo verdade, e eu já o comprovei.  :) Este post é uma mensagem especial para uma amiga minha que já sofreu de anorexia, para todas as raparigas que vejo todos os dias a chorar porque querem ser mais magras e para todas as outras que eu não conheço e passam pelo mesmo. Um grande beijo.

 

NOTA: já respondi a todas as perguntas que tinham feito a partir do post "Novidades..."

56 comentários

Comentar post

Pág. 1/4