Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Weekend Post #4: O que significa para ti a maquilhagem?


 Hoje trago-vos um post de discussão, ou melhor, de partilha de ideias. A maquilhagem faz parte do dia-a-dia da maioria das jovens e mulheres adultas e é cada vez mais acessível às mais tenras idades. Hoje decidi partilhar convosco a minha história com a maquilhagem e a minha opinião sobre ela, e gostaria que fizessem o mesmo, pois acho fantástico saber de outras histórias e opiniões.

 A minha mãe sempre foi uma mulher que se arranjou bem e cuidou de si. Desde cedo que a vi maquilhar-se, especialmente com blush, rímel e batom. O que, obviamente, desde cedo despertou a minha curiosidade. Aos 12 anos tive o meu primeiro gloss com cor, um rosa clarinho, e usava-o todos os dias porque achava tão fantástico! Com 14 o rímel entrou na minha vida e era fantástico como me fazia mais desperta. Foi também nessa idade que a minha dermatologista me recomendou uma base ligeira, a OTC Compact, que era uma base compacta em creme indicada para quem tinha acne (hoje ainda existe a versão líquida em farmácias). Como desde os 13 sofria com algumas borbulhas, ela disse-me que poderia usar essa base para disfarçar um pouco a vermelhidão. Não dava muita cobertura, mas a pele ficava mais uniforme e disfarçava o tom vermelho das borbulhas. Foi então que a minha mãe me ofereceu um blush rosa clarinho, pois a base sozinha tirava um pouco as dimensões do rosto. E então, aos 14, eu tinha o meu primeiro kit de maquilhagem: gloss rosa, rímel, base compacta e blush rosadinho. Sentia-me mil e uma estrelas nos dias em que usava os produtos, apesar de não serem muitos, o que curiosamente coincidiu com o início do blog.

 Aos 15, já no Secundário, um pouco mais de liberdade e o início das saídas à noite com amigos, "descobri" o lápis preto. Comecei por usá-lo na linha de água quando ia a alguma festa, mas rapidamente começou a ser algo de todos os dias. E passei a usar não só na linha de água, mas também um pouco em redor do olho, ligeiramente esfumado, que gostava bastante. Até a minha mãe concordava que dava muito mais vida ao olhar! E diria que foi assim até aos 16. Aos 16 ainda usava bastante essa maquilhagem, mas comecei a interessar-me mais por diferentes produtos, novas técnicas, etc, sendo que foi aos 17 que comecei realmente a comprar uma maior variedade de marcas, procurar tutoriais, enfim.

 A maquilhagem não é essencial para mim, mas remonta-me ao espírito dos meus 14 anos, em que nos dá aquele bocadinho extra de auto-confiança e nos permite realçar aquilo de que mais gostamos. No dia-a-dia uso maquilhagem minimal, mas de vez em quando também gosto de brincar, fazer coisas diferentes e expressar-me mais. Porque a maquilhagem também é uma forma de expressão, e não uma forma de esconder o que não gostamos. E acho que é assim que deve ser encarada. A maquilhagem pode dar-nos um ar mais cuidado, mais profissional até, pelo que os lados positivos são muitos. E se tiverem manchas, acne, enfim, porque não cobrir esses problemas? É uma opção que está ao nosso alcance e nos pode ajudar a sermos mais felizes connosco :) Agora, a maquilhagem nunca é mais importante do que um bom cuidado de pele, pelo que esse deve ser sempre o primeiro investimento!

Como se sentem em relação à maquilhagem? Qual a vossa história? Partilhem comigo as vossas histórias e opiniões, deixando um comentário neste post. No dia 9 de Agosto vou sortear uma delas para ser partilhada aqui no blog e a autora receberá um presente surpresa :)

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Prémios

Lojas

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D