Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Tenho notícias!! - Testes em Animais


Esta imagem já foi por mim partilhada há um tempo, quando a lei saiu. Mas as questões continuavam porque os ingredientes podiam ser testados noutros países, enfim! Eu gosto sempre de vos esclarecer na melhor das minhas habilidades, por isso continuei a pesquisar! Eu não vou estar neste post a discutir os testes em animais, estou apenas a partilhar as notícias de que tive conhecimento!

Portanto, os testes em animais na União Europeia para cosméticos foram banidos. Isto inclui os testes de ingredientes para cosméticos. Se os produtos tiverem sido testados noutros países, não podem ser importados e, por consequência, vendidos na União Europeia. O mesmo acontece no sentido inverso - se uma marca vender um produto na União Europeia e depois quiser testar esse produto em animais para vender na China, terá de suspender a sua venda na União Europeia. Se uma marca quiser vender produtos tanto na União Europeia como na China (país onde os testes em animais tendem a ser obrigatórios) os produtos vendidos terão de ser diferentes, com ingredientes diferentes. Esta regra não se aplica aos produtos que já existiam, aplica-se aos novos lançamentos das marcas (digamos que as marcas não iam deitar todos os produtos fora e fazer todos novos, seria uma lei demasiado polémica e irrealista). Agora, podemos pensar que, se estamos a comprar uma marca que, obviamente, não testa os seus produtos para venda na UE, mas depois testa outros produtos diferentes para venda na China, continuamos a suportar os testes em animais. A verdade é que o dinheiro da Europa tende a não sair da Europa, por isso diria que não podemos afirmar tal facto. Quero, agora, chamar a atenção das meninas que gostam de importar produtos da China... os cosméticos vão passar a ser barrados/destruídos na Alfândega, devido à política de testes em animais por eles estabelecida. Isto não inclui todos os produtos da Ásia, mas sim de países onde os testes em animais são obrigatórios. Li algures que a China está, desde Julho, a estudar uma forma alternativa aos testes em animais, não os tornando obrigatórios, mas não vos posso informar de qual foi a decisão nem quais as medidas que estão a ser tomadas. Penso que esta decisão da China se está a dever, sobretudo, ao facto de as marcas estarem a deixar de lançar novos produtos na China, devido ao explicado anteriormente.

Isto significa também que a lista de marcas da PETA deixa de fazer sentido para nós. A PETA divulga uma lista internacional de marcas, por isso eles não querem saber se os produtos vendidos na UE não são testados, se a marca for vendida na China entra directamente na lista negra da PETA. Acho que o ideal que temos a fazer é mesmo comprar todos os nossos produtos na Europa, se quiserem podem continuar a comprar apenas das marcas que têm a certeza de que não fazem testes em nenhuma parte do mundo, mas como disse o dinheiro gasto na Europa não costuma sair para suportar marcas noutros países.

Como eu disse no início do post, não quero que este post seja alvo de controvérsia como por vezes acontece nos posts de discussão de testes em animais, estou a transmitir as informações para quem se interessa sobre este tópico :)

13 comentários

Comentar post

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas