Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

RETINOL VS TRETINOÍNA

tretinoinavsretinol.jpg

 A pergunta que provavelmente recebo com mais frequência em relação aos cuidados de pele é: mas qual é a diferença entre retinol e tretinoína? Algumas pessoas pensam que é o mesmo, outras perguntam-se porque uns precisam de receita e outros não e há ainda quem se questione o porquê de tamanha diferença de preço. Assim, espero hoje responder a essas questões! Confesso que este post está um pouco químico, mas acho que é essencial para conseguir transmitir a informação que precisam para decidirem o que é melhor para o vosso caso.

 Tanto o retinol como a tretinoína são formas de vitamina A. A tretinoína, ou ácido retinóico, é um metabolito ativo da vitamina A e existem recetores específicos para o ácido retinóico nas células (o ácido retinóico é a forma biologicamente ativa da vitamina A), pelo que esta será a formulação mais potente. A pele recebe o ácido retinóico, ele é imediatamente identificado pelas células e começa a desempenhar a sua função. Isto significa que é mais eficaz, mas também que pode ter mais efeitos secundários, como irritação, secura, descamação, etc. A tretinoína é usada, por exemplo, no tratamento de acne, melasma, fotoenvelhecimento e estrias e é considerada uma medicação, pelo que precisa de receita médica. O ácido retinóico é também o único componente cientificamente comprovado capaz de reverter os efeitos do envelhecimento (atenção que eu disse reverter e não prevenir, pois existem vários ingredientes que previnem o envelhecimento mas não o revertem)! Um dos produtos mais conhecidos no mercado é o Ketrel, que é ácido retinóico a 0,05% e custa 2,89€ (30g). Há também alguns médicos que recomendam o Isotrex, que é isotretinoína - tretinoína e isotretinoína são interconversíveis, a isotretioína é mais usada para acne enquanto a tretinoína é usada para acne e para os outros problemas referidos.

 O retinol é um derivado da vitamina A na forma livre não esterificada e tem de ser convertido pelo organismo em ácido retinóico, visto essa ser a forma biologicamente ativa. É uma conversão em 2 fases, sendo que o retinol é convertido para retinoaldeído (reação reversível) e o retinoaldeído é convertido a ácido retinóico (reação irreversível). Não só a própria conversão é um processo que requer atividade do organismo - que está mais preocupado em realizar as reações que nos mantêm vivos - mas, como a primeira reação é reversível, nem todo o retinol é convertido em ácido retinóico, já que parte do retinoaldeído volta à forma de retinol. Resumidamente, o retinol é menos eficaz ou, pelo menos, demora mais tempo a mostrar resultados.

 O retinol puro é a forma mais potente do retinol, mas é facilmente oxidado pelo calor e pela luz, pelo que a maioria das formulações cosméticas usam palmitato de retinol (forma esterificada), que tem maior estabilidade mas também menor absorção por parte da pele. Outra tecnologia que tem vindo a ser desenvolvida é o retinol encapsulado, em que o retinol é distribuído em lipossomas, o que se pensa torná-lo mais estável durante o transporte para os recetores. Há também algumas marcas que já tentam formular produtos com retinaldeído - vulgarmente referido como retinal - visto ser apenas uma etapa de conversão e por isso seria mais eficaz, mas tem havido problemas de estabilidade das fórmulas. Como podem imaginar, todas estas variáveis vão influenciar o preço e a eficácia do produto de retinol que escolherem, sendo que alguns bem formulados podem ser bastante eficazes e outros podem nem fazer qualquer diferença na pele. A grande vantagem do retinol é que é menos agressivo para a pele (menos efeitos secundários), e por isso melhor tolerado pela maioria das pessoas, que não se conseguem adaptar ao uso da tretinoína.

 A tretinoína, por ser uma medicação, é regulada pelo Infarmed, pelo que as concentrações de ingredientes bem como os seus resultados estão bem documentados e têm de ser garantidos. Já o retinol, por ser usado em produtos cosméticos, não está regulado e os resultados - como puderam perceber pelo parágrafo anterior - dependem muito da formulação de cada marca. Qualquer produto cosmético que tenha a menor % de retinol, mesmo que na forma menos potente ou estável, pode dizer que é formulado com retinol, isso não quer dizer que seja eficaz.

 

DEVO USAR TRETINOÍNA OU RETINOL?

 Acho que depois de toda a explicação esta pergunta ainda vos está a fazer confusão. Mas a verdade é que eu não posso ter uma resposta preto no branco para vocês. Tudo depende daquilo que pretendem e de como a vossa pele reage. Vou tentar resumir:

  • A tretinoína é super potente e mostra resultados em pouco tempo, sendo muito indicada para tratamentos como acne, melasma, manchas de idade, manchas/cicatrizes de acne, etc. Tem um preço bastante acessível mas precisa de receita e a habituação ao tratamento não é fácil, podendo ter alguns efeitos secundários;
  • O retinol é menos potente e por isso mais recomendado para prevenção do envelhecimento, manutenção dos resultados obtidos com a tretinoína, pequenas manchas, etc. O preço é habitualmente muito mais elevado para se conseguir uma boa formulação, mas não precisa de receita médica e tem menos efeitos secundários.

 No entanto, qualquer um dos ingredientes pode ser usado para qualquer uma das situações. Se a vossa pele se adaptar bem à tretinoína (demora uns meses), podem até continuar a usá-la como manutenção dos resultados e prevenção do envelhecimento literalmente para sempre. No entanto, se a vossa pele não se adaptar à tretinoína ou vocês não a conseguirem utilizar regularmente (mínimo 1x por semana, idealmente 3x a 6x por semana), talvez o retinol vos mostre melhores resultados se for bem formulado e o conseguirem utilizar diariamente. Certamente que um produto bem formulado que aplicamos diariamente vai mostrar mais resultados do que um que raramente conseguimos usar!

 Relembro que nenhum destes ingredientes dever ser usado durante a gravidez/aleitamento e que devem SEMPRE utilizar proteção solar (mínimo fator 30, ideal fator 50) quando utilizam retinol ou tretinoína, bem como respeitar outras regras essenciais, como não combinar tretinoína com ácidos ou utilizar sempre um bom hidratante e um gel de limpeza suave. Se quiserem ver mais algumas dicas fundamentais, convido-vos a verem este vídeo.

 

QUE PRODUTO DEVO ESCOLHER?

 Em termos de produtos que recomendo, já referi o Ketrel (Vitanol-A no Brasil) como sendo a tretinoína mais recomendada, que podem comprar com receita em qualquer farmácia por 2,89€ (a receita pode ser do médico de família, não tem de ser do dermatologista).  Para produtos com retinol, aqui vos deixo as minhas (escassas) sugestões, visto que a formulação é tão importante, poucos são os produtos que realmente me sinto à vontade para recomendar:

  •  La Roche Posay Redermic R Intensivo (aprox 28€, 30ml, aqui): este é um dos poucos produtos no mercado formulado com retinol puro - daí a embalagem, visto o retinol puro ser instável. Tem também retinol de libertação prolongada e é uma das opções mais baratas e mais eficazes do mercado. Existem vários produtos dentro da linha Redermic, mas o Redermic R Intensivo é mesmo o mais eficaz.
  • Sesderma Reti Age Sérum (aprox 49€, 30ml, aqui): este sérum tem retinol encapsulado em lipossomas, que asseguram o transporte do ingrediente, mas é o verdadeiro sérum de prevenção do envelhecimento, visto que combina o retinol com ácido hialurónico, vitamina C e vitamina E (todos ingredientes comprovadamente benéficos para a pele). Combinar estes ingredientes e obter uma fórmula estável não é fácil, muito menos com uma embalagem que expõe o produto ao ar, mas a Sesderma fez um bom trabalho. Este sérum será certamente mais de prevenção do que correção, visto as concentrações presentes - devido ao que referi anteriormente - poderem não ser suficientemente altas para correcção.
  • SkinCeuticals Correct Retinol 0.3 Sérum (aprox 78€, 30ml, aqui): este é o outro produto disponível no mercado formulado com retinol puro e na concentração mais alta permitida na Europa. Este é o produto mais próximo da tretinoína que podemos conseguir sem receita médica.

 Existem mais produtos no mercado, tanto mais caros como mais baratos. Honestamente acho que não há necessidade de ir para produtos mais caros, quando os acima referidos são eficazes. Seria bom conseguir algo mais barato, mas confesso que ainda não experimentei nenhum mais barato que o Redermic R que funcionasse para mim.

 Quero chamar a atenção para darem mais valor aos ingredientes de um produto do que à descrição do mesmo. Um mesmo produto com retinol pode ser chamado de "creme anti-rugas intensivo", "creme anti-manchas", "creme para acne", etc, pois como já vimos neste post o retinol pode atuar em vários problemas e ter vários benefícios. O que interessa é a composição do produto!

 

COMO DEVO USAR?

 Tanto o retinol como a tretinoína devem ser aplicados à noite, na pele limpa e bem seca. Os produtos em creme, como o Ketrel ou o Redermic R podem ser aplicados sozinhos, mas os produtos em sérum, como o Reti Age ou o Correct Retinol 0.3, devem ser aplicados antes de um hidratante básico, como este ou este, que deve ser composto apenas por ingredientes hidratantes (sem ácidos ou outros ingredientes ativos que possam interferir com a tretinoína/retinol). É essencial nunca esquecer a aplicação do protetor solar de manhã, pois a pele fica mais sensível ao sol! A restante rotina de pele deve ser relativamente simples, apostando sobretudo na hidratação e proteção.

 Existem alguns produtos formulados com retinol que podem ser aplicados durante o dia, mas a concentração de retinol é bastante baixa, pelo que é melhor investimento apostar num produto mais concentrado e utilizá-lo apenas à noite.

 O ideal seria aplicar diariamente, mas quando se começa as aplicações devem ser espassadas, sobretudo com a tretinoína. Usar 1x/semana na primeira semana, depois passar a 2x/semana e aos poucos tentar utilizar diariamente. Eu, por exemplo, consigo agora aplicar um retinol diariamente, mas a tretinoína não aplico mais que dia sim dia não, para evitar irritação, e já a uso há dois anos.

 É importante aplicar uma pequena quantidade de produto, talvez o equivalente a uma ervilha, apenas suficiente para cobrir a área de tratamento. Aplicar mais produto não aumenta a eficácia, só aumenta a irritação e o desperdício.

 

Portanto, depois deste testamento, penso que respondi a todas as questões que recebo com mais frequência, mas se tiverem mais alguma por favor deixem nos comentários :)

ACNE: A MINHA JORNADA

acnejourney.jpg

  Demorei um pouco a começar a escrever este post. As ideias fluem e tenho receio de não as conseguir expressar da forma que pretendo. Ainda assim, farei o meu melhor! Hoje venho partilhar convosco a minha jornada pela acne! Em Maio faço 25 anos e desde os 11/12 que me lembro de ter preocupações com acne. A minha primeira menstruação chegou cedo - andava no 5º ano - e com ela começaram a vir também as primeiras borbulhas. Numa altura em que ainda somos basicamente crianças e onde todos os nossos amigos continuam a ter pele de criança, sentimo-nos um pouco como ETs, em que todos olham para nós com um ar um pouco admirado e, por vezes, até repugnado. Ainda assim, a culpa não é nossa, nós não queremos ter a pele assim! O meu pai, sendo médico, levou-me a uma Dermatologista e ao longo dos anos tentámos vários tratamentos, inclusivé antibióticos e isotretinoína oral, que por uns tempos iam funcionando e depois parecia que tinham um botão OFF ou algo do género. Foi quando tinha 14 anos que descobrimos um tratamento que funcinou para mim, que combinava o uso do creme de limpeza Boréad CL da Noviderm, o creme SL da mesma marca, um creme com tretinoína e um protector solar, que usei durante dois ou três anos. Na altura a dermatologista também me recomendou a base compacta da OTC (que agora só se vende em líquido e que vos falei aqui) para eu poder disfarçar um pouco as borbulhas e a vermelhidão. A maior parte das minhas borbulhas desapareceram e ficou a pele um pouco oleosa, com manchas, poros obstruídos e por aí fora. Nessa altura, e até por volta dos 21 anos, comecei a usar os 3 Passos da Clinique junto com o sérum Even Better, que ajudaram muito a controlar a oleosidade da pele e a diminuir a aparência das manchas e algumas borbulhas residuais.

 Em Janeiro de 2013 a minha vida deu uma volta enorme, o meu pai faleceu, mudei de curso, senti o peso de muitas responsabilidades e tive inúmeras coisas que me deitaram abaixo e me deixaram num estado de stress enorme! Para ajudar, a minha pele ficou completamente doida e começaram a aparecer-me borbulhas em todo o rosto, a pele começou a produzir ainda mais óleo do que o normal, fiquei com imensos poros obstruídos, enfim! Passei a usar quase sempre uma base de alta cobertura nos vídeos, mas ainda assim era visível que a textura da minha pele não era a melhor. No meio de tanta coisa que se estava a passar na minha vida, não sabia o que fazer. Nunca tirei uma foto sem maquilhagem e tinha a "sorte" de nos vídeos nem sempre se notar muito devido à luz e à minha câmara não ser de ultra definição. Eu continuava a usar os produtos da Clinique e tentava introduzir mais alguns produtos que ajudassem com a acne, mas a verdade é que era preciso algo mais intenso para equilibrar a minha pele! Assim, voltei para a rotina que tinha usado em criança, mas em vez da tretinoína usei o Benzac, que era mais específico para o tipo de acne que tinha. Fiz um vídeo sobre essa rotina que podem ver aqui:

 Uma das grandes dificuldades emocionais de quem lida com acne é que além de se sentir inseguro com a sua pele, ainda tem que lidar com os comentários das outras pessoas. Há quem diga que não limpamos a pele, há quem diga que comemos muito chocolate, há quem diga que não deviamos usar maquilhagem, enfim! E nós sabemos que já estamos a fazer tudo o que podemos pela nossa pele e sofremos por ela ser assim, não precisamos ainda de ouvir comentários que em nada nos vão ajudar! Sobretudo quando já temos 20/21/22 anos, a acne torna-se mais agressiva do que era em adolescentes e ainda mais difícil de tratar, para além de que a renovação celular já não é a mesma e por isso tudo demora mais tempo. A juntar ao facto de que as nossas amigas provavelmente já têm a pele "sob controlo", nada contribui para a nossa auto-estima... Mas eu quero que se lembrem que tudo é passageiro e que vão encontrar uma cura! Por vezes é preciso experimentar muita coisa, mas alguma coisa vai funcionar! E eu recomendo a 100% que visitem um profissional se estiverem a passar por uma fase de acne severo, pois podem mais rapidamente encontrar uma solução eficaz para o vosso problema e muitas vezes por um custo menor do que todos os produtos que nos tentam vender no supermercado ou na perfumaria!

 Em Dezembro de 2014 a minha acne estava basicamente controlada, já não me apareciam borbulhas com muita frequência e não tinha tantas inflamações (daquelas que parecem que vão ser borbulhas mas nunca chegam à superfície). No entanto, fiquei com imensas marcas e manchas (foto de Dezembro de 2014, que podem ver acima). Há muitos tratamentos de instituto que se podem fazer nesta situação, mas todos sabemos o custo dos mesmos. Estava, então, na hora de procurar um tratamento para as manchas! A recomendação da dermatologista era o uso de tretinoína, que aumenta a taxa de renovação da pele e por isso permite que as manchas e linhas sejam eliminadas mais rapidamente da pele e não passem para as camadas de pele inferiores, mas é um tratamento bastante agressivo. Eu tenho a pele atópica e ela já tinha passado por muito com o tratamento com Benzac, pelo que o tratamento com tretinoína pareceu-me demasiado naquela altura, daí que tenha decidido fazer um tratamento com retinol. O retinol, dando uma explicação muito simples, é uma versão mais suave da tretinoína, que pode ser vendido sem receita. Na altura também fiz um vídeo sobre este tratamento:

 A rotina com retinol levou-me desde a foto de Dezembro de 2014 (que podem ver acima) até à foto de Abril de 2015. Foi uma melhoria incrível e fiquei muito satisfeita! Continuava a ter algumas manchas (nas fotos só mostro um dos lados do rosto) e a textura algo irregular, mas a melhoria tinha sido enorme! De Abril a Junho não vi muita alteração na pele e em Junho parei o tratamento (pois não se deve usar retinol/tretinoína nos meses de Verão devido à sensibilidade solar que provocam). Nessa altura passei a focar-me em manter a minha pele saudável, passei a usar o sérum antioxidante Polyphenol C15 da Caudalie, que tem vitamina C pelo que ajuda a combater um pouco as manchas e a proteger a pele dos radicais livres, usei alguns produtos com ácido glicólico para promover a esfoliação da pele e ela manteve-se basicamente constante até Dezembro. Não houve piorias e a textura da pele melhorou, mas continuava a ter aquelas manchinhas que nunca desapareciam. Assim, em Janeiro decidi começar o tratamento com tretinoína. Um ano antes tinha começado o tratamento com retinol, ao que a minha pele reagiu bem, pelo que estava na altura de arriscar com a tretinoína, e foi assim que comecei a usar o Ketrel. Falei desta rotina com pormenor em vídeo e também mostrei como aplico todos os produtos que estou a usar:

 Finalmente livrei-me das manchas! A fotografia de Abril de 2016 que podem ver acima foi tirada hoje e finalmente não tenho imensas marcas vermelhas por todo o rosto! Algumas manchas ainda estão a desaparecer e obviamente a textura da pele é algo em que vou ter de trabalhar ao longo de toda a minha vida - a pele não deixa de ser acneica e não nos livramos dos tratamentos quando as borbulhas e manchas desaparecem - mas é um progresso enorme e estou muito feliz! Ninguém que tenha a pele acneica está livre de voltar a ter crises, a minha pele não está lisinha como a de um bebé (continuo a ter textura para tratar) e podem ver que os meus poros ficam bastante dilatados. No entanto, em comparação com a crise de acne que tive e as manchas que podiam ver claramente na foto de 2014... não tenho palavras! Tem sido, sem dúvida, uma jornada, mas tem compensado todo o esforço. Obviamente que ter uma alimentação saudável, beber bastante água e evitar produtos de maquilhagem comedogénicos é essencial, mas eu sempre tive esses cuidados e isso não me livrou destes problemas. É uma ajuda, obviamente, mas nem sempre é a solução!

 Eu queria fazer este post para juntar todos os tratamentos e ajudar quem sofra do mesmo a não perder a esperança e a saber que há um caminho a percorrer, talvez estes vídeos vos ajudem um pouco. Eu continuo a ter o meu próprio caminho a percorrer e vou continuar a partilhar convosco todas as etapas do mesmo!

 Lembrem-se sempre que a vossa pele não vos define e há algo que podem fazer para a melhorar, mesmo que demore algum tempo! Não desistam :) Ah! E tratem o melhor possível da vossa pele, é a única que temos!

ROTINA DE PELE - MARCAS E MANCHAS DE ACNE | PASSO-A-PASSO [APLICAÇÃO]

rotinapassoapassopic.jpg

 Olá princesas! Peço desculpa por este vídeo ficar online mais tarde do que o habitual, mas tive alguns problemas técnicos! Hoje trago-vos o passo-a-passo (aplicação) da minha rotina de pele contra as manchas e marcas de acne!

 Se quiserem ver uma explicação de todos os produtos que uso, por favor vejam este vídeo. Se quiserem ver alguns produtos que substituí e porquê, por favor vejam o meu haul de beleza mais recente. Obrigada!


PRODUTOS USADOS:
Avène Cleanance Hydra Creme Lavante (http://tinyurl.com/ntv7rr4)
Clinique Mild Clarifying Lotion (http://tinyurl.com/pywvfuj)
Filorga Optim-Eyes (http://tinyurl.com/heb9sl9)
Caudalie Vinosource Sérum (http://tinyurl.com/jskpyez)
Caudalie Vinosource Fluido Hidratante (http://tinyurl.com/hrg368g)
Heliocare Gel SPF50 (http://tinyurl.com/gml88fr)
Caudalie Óleo Desmaquilhante (http://tinyurl.com/ztjcjm6)
Pai Skincare Muslin Face Cloth (http://tinyurl.com/qf7nqck)
Kétrel Creme 0,05% (na farmácia com receita)
Clarins Lotus Oil (http://tinyurl.com/znmyf24)

O QUE ESTOU A USAR:
Camisola - H&M
Brincos - Forever 21
Verniz - OPI "Kiss On The Chic"

 

Obrigada por assistirem, espero que tenham gostado :) Usam algum destes produtos?

TRETINOÍNA | ROTINA DE PELE + DICAS (ACNE, MANCHAS, POROS, RUGAS, ETC)

 Hoje trago-vos um vídeo sobre a minha rotina de pele usando tretinoína, bem como algumas dicas para suportar o tratamento. Existem diversos tipos de tratamento com tretinoína, todos eles com diferentes efeitos secundários, as dicas que vos dou hoje podem ser adaptadas à vossa situação. Se já fazem um tratamento com tretinoína, espero que as dicas vos ajudem, se nunca experimentaram e acham que favoreceria a vossa pele, talvez seja uma boa ideia falarem sobre o assunto com o dermatologista ou o médico de família! O vídeo é um pouco longo porque queria explicar tudo em detalhe, mas espero que gostem e vos ajude!


PRODUTOS REFERIDOS:
Avène Cleanance Hydra Creme Lavante (http://tinyurl.com/ntv7rr4)
Clinique Mild Clarifying Lotion (http://tinyurl.com/pywvfuj)
SkinCeuticals Equalizing Toner (http://tinyurl.com/zq2ppdx)
Filorga Optim-Eyes (http://tinyurl.com/heb9sl9)
Avène Soothing Eye Countor Cream (http://tinyurl.com/qd7kwvo)
Sesderma C-VIT Lipossomal Sérum (http://tinyurl.com/pwg8tcv)
Caudalie Polyphenol C15 Sérum (http://tinyurl.com/ovrp92b)
La Roche Posay Hydraphase Intense Ligeiro (http://tinyurl.com/hmqm5fa)
Heliocare Gel SPF50 (http://tinyurl.com/gml88fr)
The Body Shop Camomile Cleansing Butter (lojas TBS)
Pai Skincare Muslin Face Cloth (http://tinyurl.com/qf7nqck)
Kétrel Creme 0,05% (na farmácia com receita)
Clarins Lotus Oil (http://tinyurl.com/znmyf24)
La Roche Posay Cicaplast B5 (http://tinyurl.com/jqpnvqv)
NUXE Rêve de Miel Ultra-Nourishing Lip Balm (farmácia)
Labello Milk&Honey (hipermercado)
Beauty Blender (http://tinyurl.com/gm69fub)

MANHÃ: Avène Cleanance Hydra + Clinique Mild Clarifying Lotion OU Skinceuticals Equalizing Toner + Sesderma C-VIT + Filorga Optim-Eyes + La Roche Posay Hydraphase + Heliocare SPF 50
NOITE: TBS Camomile Cleansing Butter + Clinique Mild Clarifying Lotion OU Skinceuticals Equalizing Toner + Filorga Optim-Eyes + Kétrel OU Clarins Lotus Oil

 

Obrigada por assistirem :)

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D