Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Bioderma Hydrabio Crème

IMG_9406.jpg

 Por aqui já devem conhecer o meu gosto por cremes simples, que garantem a hidratação da pele sem grandes floreados. Foi com base nisso que decidi experimentar o Bioderma Hydrabio Crème, um creme super emoliente indicado para peles desidratadas secas a muito secas. Embora tenha a pele mista, por vezes gosto de usar um creme mais rico para ajudar a equilibrar a hidratação, pelo que este da Bioderma me pareceu uma boa opção.

 A fórmula do Hydrabio Crème está enriquecida com glicerina, dimethicone e uma forma de ácido hialurónico, que garantem a hidratação da pele. Contém ainda vitamina PP e extrato de sementes de maçã, que estimulam a produção de aquaporinas - canais de transporte de água - e aumentam a capacidade de retenção de água. A vitamina E actua como ligeiro antioxidante, ajudando a prevenir o envelhecimento cutâneo - embora qualquer pele hidratada pareça mais jovem, pois evita as rugas de desidratação.

 A fórmula em creme é bastante emoliente e algo espessa mas não gordurosa nem colante, deixando a pele hidratada mas sem uma sensação de peso e/ou oleosidade. Algo que adoro neste creme é que não contém óleo mineral, que está presente em muitos cremes deste género e é contra-indicado para peles acneicas e/ou oleosas, e é não comedogénico. Na fórmula vão encontrar perfume como último ingrediente, sendo a fragrância do creme bastante leve, pelo que não acredito que cause irritação.

 Este creme é óptimo para quem tiver a pele seca/muito seca ou para quem tiver a pele normal/mista/oleosa e não goste de usar séruns ou óleos, pois garante mais alguma hidratação. Tendo a pele mista, eu prefiro usá-lo à noite, embora se não usar maquilhagem durante o dia também não ache este creme demasiado pesado, se o combinar com maquilhagem - sobretudo com base líquida - já acho que fique algo pesado numa pele mista/oleosa durante o dia. Para quem tiver a pele bastante desconfortável ou seca durante o Inverno este creme será, sem dúvida, excelente pois cria uma barreira protectora. Também é óptimo a aliviar zonas muito secas ou descamativas derivadas de eczema/psoríase ou tratamentos de pele abrasivos, como a tretinoína ou o peróxido de benzoílo. Atenção que não é preciso usar muita quantidade de produto!

 Tenho gostado bastante de usar este produto à noite e tenho a certeza que lhe darei ainda mais uso durante o Inverno, quando a pele precisar de hidratação extra. Fiquei também bastante curiosa em experimentar o gel, que tem uma formulação mais leve. Quando o fizer dir-vos-ei o que achei dele! 

 Encontram este creme em farmácias ou aqui - muitas vezes com desconto - por cerca de 17€ (50ml).

PELE SECA VS PELE DESIDRATADA

pele desidratada.jpg

  Conhecer o estado global da nossa pele é essencial para conseguir um cuidado apropriado. Apesar de quase todas sabermos dizer se a nossa pele é seca/normal/mista/oleosa, muitas vezes confundimos pele seca com pele desidratada. A verdade é que qualquer tipo de pele (seco/normal/misto/oleoso) pode combinar-se com uma pele desidratada. Pode parecer bizarro, mas acontece frequentemente com as peles oleosas, que habitualmente abusam dos produtos adstringentes e nem sempre hidratam em condições.

 Então mas afinal qual é a diferença entre pele seca e pele desidratada? É simples, a pele seca manifesta-se quando há ausência de produção de óleo pela pele, enquanto a pele desidratada se manifesta pela falta de água. Assim, talvez já consigamos perceber porque uma pele oleosa fica facilmente desidratada: óleo não é água e, portanto, a pele oleosa também precisa de ser hidratada.

Algo que as pessoas com pele desidratada notam com frequência é que a maquilhagem não dura. E porquê? Porque a pele desidratada tende a absorver tudo o que nela é aplicado em busca de hidratação. Assim, usar produtos humectantes e manter a pele hidratada ajuda a prolongar a duração da maquilhagem, já que a pele não terá tanta tendência de a absorver.

 Como podemos, então, manter a pele hidratada? Devemos recorrer a produtos ricos em ingredientes humectantes, como o ácido hialurónico, a glicerina, a aloe vera, etc, que ajudam a pele a reter água. Uma pele seca pode combinar estes ingredientes com outros produtos ricos em óleos e agentes emolientes para combater a secura, já uma pele oleosa deverá procurar produtos sem óleo, que hidratem sem deixar a pele gordurosa.

  Alguns exemplos de produtos hidratantes ricos em ácido hialurónico são os séruns Hydrating B5 da SkinCeuticals e Hidraderm Hyal da Sesderma e os cremes Hydraphase da La Roche Posay e Moisture Surge da Clinique, ambos disponíveis em versões para pele seca e pele mista/oleosa. Obviamente que há mais opções no mercado, eu falo-vos das que já experimentei e gostei, confiram sempre a lista de ingredientes! Combinar um sérum hidratante com um creme emoliente ou oil-free, dependendo do tipo de pele, é das melhores formas de potenciar a hidratação da pele.

 Espero que este post vos ajude e se tiverem alguma dúvida por favor digam e eu tentarei responder :)

COMO ESCOLHER O PROTETOR SOLAR?

DSC05079.jpg

 Utilizar protetor sola diariamente - mesmo quando está nublado - é essencial. Aliás, quando alguém me diz que só pode comprar um produto para cuidar da pele a minha resposta é "compra um protetor solar". Quanto mais cedo começarmos mais danos evitamos, não só pela dor que um escaldão provoca, mas também pelos danos celulares causados pelos raios solares, como envelhecimento, danos no ADN, cancro, etc. Existem dois tipos de radiação das quais temos que defender a pele:

  • UVB - causam os escaldões e contribuem para o cancro da pele. São mais fracos no Inverno e nas alturas de menor calor, daí existirem as horas mais e menos perigosas para frequentar a praia, por exemplo;
  • UVA - penetram mais profundamente na pele e não só causam cancro, como também envelhecimento da pele, manchas, etc. Têm sempre a mesma intensidade, seja qual for a estação do ano e a hora do dia, passam por nuvens e vidros (daí que estar no interior não protege) e refletem na água. A única forma de nos protegermos destes raios é com um protetor solar!

 O fator de protecção solar indicado na embalagem (30, 50, etc) indica a proteção contra os raios UVB, mas o protetor deve ter a indicação de que protege também contra os UVA. Nunca nos conseguimos proteger a 100%, mas toda a proteção que for possível ter é bem vinda, certo? Segundo as referências que li, um SPF30 protege contra cerca de 95% dos raios e um SPF50 cerca de 98%. Para conseguirmos a proteção indicada devemos aplicar, para rosto e pescoço, cerca de meia colher de chá de produto.

 Existem sobretudo dois tipos de protetores solares:

  • Minerais (ou físicos): são utilizados minerais, óxido de zinco e dióxido de titânio, que ficam à superfície da pele e refletem os raios (tipo escudo). São mais indicados para peles sensíveis ou intolerantes, já que não são absorvidos e causam menos irritação;
  • Químicos: são combinações de ingredientes que penetram na pele e absorvem a radiação. À medida que a absorção ocorre os ingredientes vão perdendo eficácia, daí a reaplicação frequente ser necessária. Um único ingrediente não cobre todos os raios, daí se combinarem vários para produzir um protetor eficaz.

 Atualmente já existem protetores híbridos, que são uma mistura de ambas as tecnologias e que cada vez mais substituem os protetores 100% químicos. Os protetores minerais tendem a ficar mais brancos e/ou oleosos quando aplicados na quantidade necessária, mas hoje em dia já se utiliza a nanotecnologia para produzir protetores minerais cada vez mais fluidos e fáceis de aplicar. É importante verificar que um protetor mineral tenha sempre óxido de zinco na composição, pois só ele protege dos raios UVA longos!

 Escolher o protetor solar ideal nem sempre é fácil e pode requerer várias tentativas. É importante relembrar que pessoas com a pele oleosa e/ou acneica devem escolher texturas fluidas ou em gel e não comedogénicas e quem tem a pele seca deve optar por cremes ou emulsões. Quem tiver a pele sensível deve verificar que o protetor não tem perfume e é hipoalergénico. Já existem emulsões não comedogénicas, que são boas para quem tiver a pele sensibilizada por tratamentos de acne. Aqui ficam algumas sugestões:

  • SkinCeuticals Sheer Mineral UV Defense SPF50 (aprox 33€, 50ml, aqui). Este é um protetor 100% mineral super fluido, sem parabenos e resistente à água, com acabamento mate. É a minha escolha de momento, fica muito leve na pele!
  • SkinCeuticals Ultra Facial Defense SPF50 (aprox 30€, 30ml, aqui). Este protetor é híbrido, pois combina filtros químicos com dióxido de titânio. Contém glicerina, pelo que é bastante hidratante e atua como um primer para a maquilhagem.
  • Avène Emulsão Sem Perfume SPF50+ (aprox 13€, 50ml, aqui). Esta emulsão combina filtros químicos com dióxido de titânio, não tem perfume, não é comedogénico e é hipoalergénico, sendo indicado para peles sensíveis mistas a oleosas. É apropriado para quem esteja a fazer tratamentos com ingredientes irritantes, como retinóides ou peróxido de benzoílo, por exemplo.
  • La Roche Posay Anthélios XL SPF50+ Fluido Extremo (aprox 14€, 50ml, aqui). Este é um protetor solar químico com uma textura super fluida, sem perfume e não comedogénico e está indicado para peles mistas a oleosas. Ao aplicarem um protetor deste género tentem fazê-lo com toques ao invés de esfregar, para que não esfarele.
  • La Roche Posay Anthélios XL SPF50+ Creme Conforto (aprox 16€, 50ml, aqui). Este protetor é a mesma versão do anterior, mas indicado para peles normais a secas!
  • Isdin Foto Ultra Age Repair Fluid SPF50+ (aprox 30€, 50ml, aqui). Este é um protetor químico que está enriquecido com péptidos, sendo especialmente indicado para peles maduras e envelhecidas, pois promove a produção de colagénio e ajuda na reparação dos danos celulares.
  • Heliocare Advanced Gel SPF50 (aprox 32€, 50ml, aqui). Este é um dos protetores mais completos disponíveis no mercado, que combina os filtros solares físicos e químicos com agentes antioxidantes e filtros fitobiológicos, que inativam os radicais livres. Não tem óleo e não é comedogénico, estando indicado para peles mistas a oleosas e/ou acneicas. Existe também a versão em creme, para peles secas e a versão matificante com ativos seborreguladores, para peles muito oleosas e acneicas.
  • Hyseke Solar Emulsão SPF50 (aprox 17€, 40ml, aqui). Esta emulsão tem uma textura ligeira e ativos seborreguladores e anti-irritantes, estando indicada para peles mistas a oleosas, com tendência acneica e irritadas por tratamentos agressivos. É não comedogénico e hipoalergénico.
  • Avène Creme Mineral SPF50+ (aprox 15€, 50ml, aqui). Protetor solar mineral enriquecido com antioxidantes. Tem uma textura não gordurosa, sem perfume, hipoalergénica e não comedogénica e está especialmente indicado para peles alérgicas. Apto para bebés e crianças.

 Para reaplicar o protetor ao longo do dia quando se tem maquilhagem, as melhores opções são as brumas (como esta) e os pós com proteção solar (como este ou este), que não invalidam a utilização diária de um protetor "normal". É importante escolher um protetor solar específico, ao invés de produtos com várias funções (ex: BBs, CCs, etc), pois as fórmulas são mais estáveis e eficazes.

  As mãos também sofrem bastante com o sol e devem ser protegidas! Pode ser aplicado o protetor solar habitual ou um creme de mãos com proteção solar (como esteeste ou este).

Se tiverem alguma dúvida por favor deixem um comentário e eu tentarei responder!

Qual é o vosso protetor favorito?

COMO MANTER A PELE HIDRATADA NOS MESES FRIOS

 Manter a pele hidratada nos meses frios nem sempre é fácil... mas hoje partilho todos os truques, para lábios, rosto, corpo e mãos!

PRODUTOS REFERIDOS:
Clinique Take The Day Off Balm
Eucerin Óleo Duche
A-Derma Óleo Duche
Nivea Óleo Duche
Dove Creme Duche
Nuxe Rêve de Miel Lip Balm
Clarins Instant Light Natural Lip Perfector
Chanel Gloss
Skinceuticals Hydrating B5
The Ordinary Hyaluronic Acid 2% + B5
La Roche Posay Hydraphase Intense Ligeiro
La Roche Posay Hydraphase Intense Rico
La Roche Posay Cicaplast Balm B5
Nivea Soft
Clinique Deep Comfort Body Butter
ATL Creme Hidratante
Eucerin Complete Repair 10% Ureia
Nivea Óleo Seco
Bio-Oil
Óleo Vitamina E
Benamôr Gordíssimo
Caudalie Creme Mãos

 

Obrigada por assistirem :)

ECZEMA E PELE ATÓPICA | DICAS E CUIDADOS

 Hoje partilho convosco os meus cuidados especiais com o eczema/pele atópica, espero que ajude algumas de vocês :)

PRODUTOS REFERIDOS:
Kérastase Sensidote Dermo-Calm Bain Vital (aqui)
Kérastase Sensidote Dermo-Calm Masque (aqui)
Locoid Capilar (na farmácia, com receita)
Nivea Dermo Sensitive (hipermercados)
A Derma Exomega Óleo de Duche (aqui)
Uriage Xémose Creme de Limpeza (aqui)
Clinique Deep Comfort Body Butter (aqui)
Clinique Deep Comfort Mãos (aqui)
Lauroderme Pasta Cutânea (farmácias)
Lassadermil Pomada (farmácias)
Elocom Pomada (farmácias)

O QUE ESTOU A USAR:
Blusa - Lanidor
Brincos - Forever 21
Verniz - Essie "Lady Like"

 

Obrigada por assistirem, desejo-vos uma excelente semana :)

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas