Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

GLAMGLOW SUPERMUD MASK

glamglowsupermud.jpg

 Se houve produto que sempre tive curiosidade de experimentar foi a máscara Supermud da Glamglow. Depois de ver mil e um vídeos/posts sobre ela, o bichinho ficou cá. Finalmente não resisti à tentação quando vi este kit da marca e decidi que era altura de experimentar!

 A Supermud é uma máscara purificante indicada para o tratamento de borbulhas, poros obstruídos, pele congestionada e pêlos encravados, melhorando a textura da pele e deixando os poros menos visíveis. A fórmula contém, entre outros ingredientes, ácido láctico, ácido glicólico, ácido salicílico e ácido mandélico, bem como caolino e aloe vera que, em conjunto, deixam a pele limpa e muito fresca.

 Confesso que não sabia até que ponto o hype seria verdadeiro e esta máscara valeria mesmo a pena, mas quanto mais a uso mais vejo os poros a ficar limpinhos e a textura da pele a melhorar. Vejam a quantidade de impurezas que continua a absorver mesmo após meia dúzia de utilizações:

glamglowresults.jpg

 A máscara é cinza e todos os pontinhos escuros que conseguem ver nas imagens é óleo a ser absorvido dos poros!! Visto que a minha pele é bastante oleosa e os poros ficam facilmente obstruídos, a máscara não removeu todas as impurezas na primeira utilização, mas com as utilizações os poros ficam cada vez menos obstruídos. Sem dúvida que é um produto que temos que usar com alguma frequência para manter e melhorar os resultados. Eu utilizo-a 2 vezes por semana após o duche, aplico-a sobre a pele seca, espero 15-20 minutos e removo suavemente com água morna.

 A Supermud não é recomendada para peles sensíveis, devido à quantidade de ácidos presentes, mas eu não tive qualquer problema. Na primeira utilização fiz um teste de irritação - apliquei apenas num bocadinho de pele - e como em 48h não tive irritação decidi usar em todo o rosto. Quando se aplica ela "pica" um bocadinho, mas à medida que seca essa sensação desaparece e a minha pele não ficou irritada após a remoção. Devido à presença de agentes absorventes a pele pode ficar com uma sensação um pouco seca, pelo que aplico sempre um bom hidratante de seguida. Não a recomendo para peles secas!

 Tenho que confessar que fiquei fã desta máscara - o que a minha carteira não aprecia propriamente ahah. É fantástica para peles oleosas e obstruídas. Podem comprar o kit (Supermud 30g + 5x7g outras máscaras) aqui por 28,45€, a Supermud 15g aqui por 15,95€ ou a Supermud 50g aqui por 40,95€. Nas perfumarias encontram a Supermud 50g por 49,90€ e o kit por 34,90€.

Já experimentaram? O que acharam?

AVÈNE COUVRANCE | BASE COMPACTA VS BASE FLUIDA

couvrancepic.jpg

 Desde que vos tenho falado das bases Couvrance da Avène para pele acneica e sensível, que tenho recebido várias perguntas sobre a diferença entre a base compacta e a base fluida, pelo que decidi hoje fazer este post dedicado a elas. 

 As semelhanças entre estas bases são muitas: hipoalergénicas, não comedogénicas, sem óleo, sem perfume, sem parabenos, etc. Ambas rondam os 20€ e estão disponíveis em farmácias ou aqui, habitualmente com desconto. Mas quais são as diferenças?

 A base Couvrance Compacta Oil-Free tem SPF 30 e uma cobertura média a alta, o que a torna boa para quem ainda tem manchas de acne ou, inclusivé, acne ativo, já que permite uma maior correção (podem ver-me a aplicar esta base aqui). A textura é um creme nada gorduroso, que permite um acabamento mate natural. É resistente à transpiração e à oleosidade, devido à presença de caulino na fórmula, pelo que dura muito tempo na pele. Tem tendência a realçar as zonas mais secas ou escamativas, devido ao acabamento mate. Também encontram esta base na formulação Conforto, igualmente apta para peles sensíveis, mas secas.

 A base Couvrance Fluida tem SPF 15 e uma cobertura leve, que dá um efeito muito natural na pele sem obstruir os poros. É ótima para quem tem a pele sensível e mista/oleosa e/ou acneica, mas não tem muita necessidade de cobertura, já que ela é quase como um BB cream. Tem vitamina E com efeito antioxidante, dando uma ligeira proteção contra os radicais livres a que estamos expostas diariamente. Esta textura é mais emoliente e leve do que a compacta, pelo que a duração na pele não é tão longa, mas é fantástica para um resultado mais natural, tipo no makeup makeup.

 Ambas são próprias para peles mistas a oleosas, não deixando a pele gordurosa. No entanto, eu gosto sempre de as fixar com um pó translúcido, para prolongar a sua duração - o  Couvrance Translúcido é uma boa opção para quem tem a pele sensível. A base compacta tem um SPF superior, mas eu não me fio na proteção dada por uma base, pois não aplicamos quantidade suficiente de produto para realmente conseguir o nível de proteção indicado. Ainda assim, é sempre bom ter mais algum SPF!

 Espero ter-me expressado quanto às diferenças entre estas bases, prometo em breve fazer um vídeo onde aplico a fluida! Se tiverem alguma dúvida por favor deixem um comentário :)

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas