Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

5 MOTIVAÇÕES PARA FAZER EXERCÍCIO

wktcollage.jpg

 Fazer exercício é essencial para o nosso bem-estar, mas bem sabemos que, com a chegada do tempo mais frio e dos dias chuvosos, a vontade nem sempre é muita. Hoje partilho convosco 5 coisas que podem ajudar a aumentar a motivação na hora de fazer exercício!

1. Comprar equipamento novo. Ter algumas peças novas no nosso roupeiro desportivo sem dúvida que serve como fonte de motivação - mais que não seja para podermos vestir as coisas novas! Se não funcionar assim convosco, podem fazer ao contrário - "quando fizer exercício x dias compro equipamento novo".

2. Ter uma nova banda sonora. Tenho a certeza que também se fartam de ouvir sempre as mesmas músicas, não? Chegamos a um ponto em que elas já não nos dão a mesma motivação que davam ao início. Significa que está na hora de encontrar músicas novas, que nos ofereçam aquela rajada de energia que estamos a precisar!

3. Novas formas de exercício. Se costumas ir ao ginásio mas no Inverno te custa a sair de casa - e acabas por não ir - que tal experimentar fazer exercício em casa? Existem aplicações e programas de exercícios em casa, como 7 Minute Workout, Kayla Itsines ou Tone It Up, que fazem com que não haja desculpas!

4. Procurar inspiração. A inspiração que precisamos pode estar em todo o lado - redes sociais de gurus de fitness, uma peça de roupa que não podemos esperar por vestir, um corpo mais tonificado, enfim! Basta pensarmos que no realmente nos inspira e nos dá vontade de trabalhar e depois procurar mais inspiração do género. Que tal fazer um painel de inspiração com imagens que nos motivam?

5. Tomar nota de todos os progressos. Até os pequenos progressos são um progresso e nem sempre nos apercebemos deles. É fácil desmotivar quando não vemos resultados, mas se formos tirando fotos, anotando quando tempo demoramos a fazer determinado exercício, quantas repetições conseguimos fazer ou quanto peso conseguimos usar, vamos notar o progresso muito mais facilmente e aumentar a motivação! Por vezes estes progressos podem nem ser palpáveis, podemos simplesmente ter mais energia, estar mais alegres, enfim!

Guardar

Fitness - Como manter a motivação?

fitness.jpg

 Manter a motivação para fazer exercício nem sempre é fácil, sobretudo quando o trabalho ou as obrigações começam a apertar e as noites de sono a diminuir. Pensei em trazer-vos algumas dicas que ajudam a aumentar e/ou manter a motivação:

1. Fotos de progresso. Por vezes parece que nada muda no nosso corpo e começamos a pensar se valerá a pena tanto esforço. Se tivermos fotos semanais de progresso, podemos mais facilmente comparar pequenas mudanças das quais não damos conta ao espelho.

2. Paciência. Nem sempre o progresso é tão rápido como queriamos e pode haver semanas em que não conseguimos ir ao ginásio tantas vezes quantas gostariamos, mas algum progresso é melhor do que nenhum progresso! Mesmo que não seja tanto quanto queriamos, temos de fazer o melhor que pudermos!

3. Razões. É importante sabermos quais são as razões que nos levam a ter determinado comportamento e o que é que esse comportamento implicará na nossa vida. Quero perder peso porquê? Quero ganhar músculo porquê? Faço isto pela minha saúde? Que consequências terá este comportamento? Se fizer este exercício hoje, vai ser bom para mim de futuro?

4. Plano caseiro. Os ginásios nem sempre são baratos, o que pode ser uma grande desmotivação para quem não tem dinheiro para frequentar um. No entanto, já se encontram planos profissionais de exercícios que podem ser feitos em casa, como o Tone It Up, o Blogilates, o Bikini Body Guide, entre muitos outros! Basta investir nalguns equipamentos básicos para poder fazer exercício todos os dias!

5. Planear os dias e horas do exercício. No início de cada semana devemos olhar para a nossa agenda e encontrar as horas mais convenientes para fazer exercício, tratando-as da mesma forma que uma reunião ou um trabalho de grupo - uma prioridade. Ao sabermos em que dias e horas vamos fazê-lo evitamos aquele pensamento "ahh devia fazer exercício mas hoje não tenho tempo" ou "ohhh hoje não me dá jeito"!

6. Just do it. Quantas de nós, antes de fazer exercício, não sentimos que estavamos bem era no sofá? Mas a verdade é que nos sentimos bem depois de fazer exercício, graças às endorfinas que são libertadas, e estamos a fazer o melhor pelo nosso corpo. Quando não nos apetece, temos de nos lembrar o quão bem nos vamos sentir depois!

7. Pequenas recompensas. Se tivermos pequenas metas com pequenas recompensas, será mais fácil estarmos motivadas. Por exemplo, podemos planear comprar umas calças novas quando perdermos 5kg ou jantar fora quando fizemos exercício de forma rotineira durante duas semanas, enfim, as opções são imensas!

 

Espero que tenham gostado destas dicas, se tiverem mais partilhem nos comentários :)

Umas palavras sobre motivação e pensamento positivo!

Placa: La Redoute
Agora que o ano começou, sei que muitas de vocês sentem falta de motivação e pensamentos positivos. Quando não temos motivação e pensamos de forma negativa, temos tendência a ver todas as situações pelo lado pior, o que pode atrair ainda mais sentimentos negativos e nos deixar mais abatidos, é um ciclo vicioso! Especialmente depois de o meu pai falecer, senti uma falta de motivação enorme e, sobretudo, não via nada de forma positiva. Parecia que nada me corria bem e, por vezes, sentia-me mesmo desesperada. Por isso, decidi hoje partilhar convosco algumas das dicas que me ajudam a sentir-me motivada e a pensar no que se passa à minha volta de forma menos negativa!
1. Ninguém nasce motivado, temos de aprender a encontrar motivação e enfrentar as situações da forma mais positiva possível, eliminando o negativismo e, possivelmente, as pessoas que o provocam. É essencial analisar cada situação de vários prismas. Há situações que não têm lados positivos, mas algumas têm e nem nos apercebemos!
2. É importante rodearmo-nos de pessoas que nos motivam e nos deixam alegres. Quando não temos ninguém à nossa volta que nos faça sentir assim, podemos sempre recorrer a outras fontes como blogs, instagrams, livros, etc!
3. Vai haver dias difíceis e situações difíceis, ninguém tem uma vida perfeita. Mas temos de acreditar em nós, aprender a ultrapassar os obstáculos e aprender a cuidar de nós próprios e gostarmos de nós. São coisas que se conquistam com passinhos de bebé, mas um dia chegamos lá!
4. Quando há algo que queremos muito, temos de acreditar que somos capazes, traçar um "plano", pensar no que podemos fazer e dar o nosso melhor. Só nós podemos decidir a nossa vida, só nós podemos lutar por ela! Se somos CEO absolutos de alguma coisa, é da nossa vida! Se não estamos contentes com alguma situação, só nós podemos mudá-la!
5. A motivação e a felicidade são uma prática diária, temos de saber compartimentar as nossas obrigações, sonhos, preocupações, etc, de forma a ser mais fácil lidar diariamente com elas. Como já disse, nem todos os dias serão bons, mas todos os dias terão algo de bom. Se tivermos os nossos "compartimentos" em ordem, podemos analisar que parte do dia não correu bem e porquê, e qual a que correu melhor e porquê. E assim gerir melhor a nossa vida e as nossas emoções.
6. É essencial tratarmos de nós, tratar do nosso corpo e, sobretudo, da nossa saúde. Comer de forma saudável, fazer exercício, visitar o médico com regularidade, etc. É também importante cuidar da nossa aparência, vestir o que nos favorece, arranjar o cabelo, dormir bem... e ter dias para relaxar. É importante ter um dia na semana para aproveitar, relaxar, e não pensar muito nos problemas.
7. Também é essencial gostar do sítio onde se está (arrumado, limpo, inspirador). Tenta que o teu quarto te transmita tranquilidade e inspiração, tenta mantê-lo arrumado e limpo (para evitar confusões desnecessárias, tipo não encontrar nada do que se quer!) e tem a certeza de que a tua vida está encaminhada com aquilo que queres (ex: estás a tirar o curso que gostas? estás no caminho certo para encontrar emprego?).
8. Inspira-te diariamente. Sai de casa, passa algum tempo com as pessoas de quem gostas, vai a sítios diferentes, não tenhas medo de experimentar coisas novas. Se há algo que sempre quiseste fazer mas nunca tiveste coragem... tenta! O sentimento libertador é muito rico e sair da rotina diária ajuda-nos a abrir os horizontes e ver as situações de várias prespectivas.
9. Não penses demasiado no passado e tem a certeza de que dás o teu melhor no presente. Por vezes massacramos a cabeça a pensar no que aconteceu no passado, no que podiamos ter feito de diferente, como era a vida antes... a verdade é que nada disso importa muito para o presente e o futuro. O que importa é o que fazemos aqui e agora, pois isso é que pode mudar a nossa vida amanhã!
Eu sei que este post não é exactamente no âmbito das temáticas aqui no blog, mas também sei o que é acordar todos os dias desmotivado e questionar tudo na vida. Por isso quis dar estas dicas, que talvez possam ajudar algumas de vocês <3

Especial em Forma #34 - Motivação!

Olá meninas :) Hoje venho trazer-vos algumas imagens que me inspiram e me dão motivação quando estou mais preguiçosa ou mais abatida. Sei que este post não vai ser do interesse geral, mas sei também que por vezes um pouco de motivação faz falta, sobretudo quando passamos por momentos mais complicados :) Se tiverem pedidos de posts que gostariam de ver no Especial em Forma, por favor deixem-me sugestões nos comentários!

Especial em Forma #30 - Dicas para manter a motivação de ficar em forma

O post de hoje não será muito longo e prende-se com algumas dicas de motivação. Sei que quando se está a tentar ter uma vida mais saudável, seja para emagrecer, engordar ou simplesmente ter uma vida mais longa e, claro está, saudável, nem sempre é fácil manter a motivação, especialmente quando grandes mudanças de hábitos estão envolvidas no processo. Assim, deixo-vos algumas dicas para que a motivação se mantenha sempre presente, mas lembrem-se, tudo parte da força de vontade de cada um, sem termos força de vontade de nada nos adianta a motivação. E quanto à força de vontade não há dicas ou truques a ensinar, cada um tem de a encontrar dentro de si próprio.
1) As metas devem ser estruturadas a curto e a longo prazo. Imaginemos, por exemplo, que querem perder 20kg. É impossível fazê-lo em duas semanas, pelo que esse deverá ser um plano a longo prazo, que pode envolver meses ou até anos. No entanto, é necessário ter metas a curto-médio prazo, para irmos vendo resultados e concretizarmos objectivos, o que vai ajudar a manter a motivação. Um exemplo de uma meta a curto prazo é, por exemplo, perder meio quilo por semana.
2) Visitar blogs/sites e falar com amigos onde tópicos relacionados com o objectivo que se tem são abordados pode ser muito motivador. Nos blogs e sites podemos sempre encontrar novas ideias, para mudar um pouco a rotina, enquanto um amigo ou familiar próximo nos pode ajudar e motivar quando estamos mais abatidos.
3) Ter uma agenda/diário onde se aponte todos os progressos, como quanto peso foi perdido/ganho em cada semana, bem como as medidas de cintura, anca, etc, pode ajudar a manter a moral em cima, já que temos mais noção dos progressos que são feitos. Uma outra ideia para enriquecer esta agenda/diário é colocar imagens inspiradoras, que nos façam ter vontade de continuar a trabalhar.
4) Fazer exercício é um sacrifício para muitas pessoas. Se for o caso, é aconselhável fazer exercício logo pela manhã ou introduzi-lo durante o dia, andando mais a pé, utilizando as escadas em vez do elevador, etc, uma vez que ao final do dia costumamos estar já mais cansados e, se a motivação não for muita, será ainda menor ao final de um dia de trabalho.
5) Pensar nos benefícios que uma vida saudável tem pode também ser uma excelente ajuda. Ainda nas últimas semanas partilhei aqui no blog todos os benefícios que alguns alimentos podem trazer para a saúde e, quando penso nisso, sinto-me de imediato mais motivada a levar uma alimentação saudável. Sabemos também que seremos menos propenços a doenças cardíacas, mentais e cancros, para além de nos mantermos fisicamente capazes.
6) Os objectivos que estabelecemos devem ser realistas. Se somos uma pessoa com uma estrutura mais larga, não podemos querer ser como a Kate Moss. Cada um de nós tem a sua própria estrutura corporal, pelo que imagens de outras pessoas podem-nos servir de inspiração mas não devem ser o nosso objectivo. Cada um de nós tem de trabalhar o seu próprio corpo, tornando-o no melhor que ele possa ser, e não no corpo de alguém que "idolatramos".
7) Acreditarmos em nós e nas nossas capacidades também é extremamente importante. Se não acreditarmos que conseguimos deitamos logo por terra a possibilidade de isso acontecer. Já diz a célebre frase "Os vencedores nunca desistem e os desistentes nunca vencem!". Quando houver um novo desafio pela frente, seja maior ou mais pequeno, temos de o enfrentar com espírito positivo e trabalhar para o alcançar.
...
Estas são as minhas dicas breves para manter a motivação. Há alguma dica que queiram partilhar? :)

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook