Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Umas palavras sobre motivação e pensamento positivo!

Placa: La Redoute
Agora que o ano começou, sei que muitas de vocês sentem falta de motivação e pensamentos positivos. Quando não temos motivação e pensamos de forma negativa, temos tendência a ver todas as situações pelo lado pior, o que pode atrair ainda mais sentimentos negativos e nos deixar mais abatidos, é um ciclo vicioso! Especialmente depois de o meu pai falecer, senti uma falta de motivação enorme e, sobretudo, não via nada de forma positiva. Parecia que nada me corria bem e, por vezes, sentia-me mesmo desesperada. Por isso, decidi hoje partilhar convosco algumas das dicas que me ajudam a sentir-me motivada e a pensar no que se passa à minha volta de forma menos negativa!
1. Ninguém nasce motivado, temos de aprender a encontrar motivação e enfrentar as situações da forma mais positiva possível, eliminando o negativismo e, possivelmente, as pessoas que o provocam. É essencial analisar cada situação de vários prismas. Há situações que não têm lados positivos, mas algumas têm e nem nos apercebemos!
2. É importante rodearmo-nos de pessoas que nos motivam e nos deixam alegres. Quando não temos ninguém à nossa volta que nos faça sentir assim, podemos sempre recorrer a outras fontes como blogs, instagrams, livros, etc!
3. Vai haver dias difíceis e situações difíceis, ninguém tem uma vida perfeita. Mas temos de acreditar em nós, aprender a ultrapassar os obstáculos e aprender a cuidar de nós próprios e gostarmos de nós. São coisas que se conquistam com passinhos de bebé, mas um dia chegamos lá!
4. Quando há algo que queremos muito, temos de acreditar que somos capazes, traçar um "plano", pensar no que podemos fazer e dar o nosso melhor. Só nós podemos decidir a nossa vida, só nós podemos lutar por ela! Se somos CEO absolutos de alguma coisa, é da nossa vida! Se não estamos contentes com alguma situação, só nós podemos mudá-la!
5. A motivação e a felicidade são uma prática diária, temos de saber compartimentar as nossas obrigações, sonhos, preocupações, etc, de forma a ser mais fácil lidar diariamente com elas. Como já disse, nem todos os dias serão bons, mas todos os dias terão algo de bom. Se tivermos os nossos "compartimentos" em ordem, podemos analisar que parte do dia não correu bem e porquê, e qual a que correu melhor e porquê. E assim gerir melhor a nossa vida e as nossas emoções.
6. É essencial tratarmos de nós, tratar do nosso corpo e, sobretudo, da nossa saúde. Comer de forma saudável, fazer exercício, visitar o médico com regularidade, etc. É também importante cuidar da nossa aparência, vestir o que nos favorece, arranjar o cabelo, dormir bem... e ter dias para relaxar. É importante ter um dia na semana para aproveitar, relaxar, e não pensar muito nos problemas.
7. Também é essencial gostar do sítio onde se está (arrumado, limpo, inspirador). Tenta que o teu quarto te transmita tranquilidade e inspiração, tenta mantê-lo arrumado e limpo (para evitar confusões desnecessárias, tipo não encontrar nada do que se quer!) e tem a certeza de que a tua vida está encaminhada com aquilo que queres (ex: estás a tirar o curso que gostas? estás no caminho certo para encontrar emprego?).
8. Inspira-te diariamente. Sai de casa, passa algum tempo com as pessoas de quem gostas, vai a sítios diferentes, não tenhas medo de experimentar coisas novas. Se há algo que sempre quiseste fazer mas nunca tiveste coragem... tenta! O sentimento libertador é muito rico e sair da rotina diária ajuda-nos a abrir os horizontes e ver as situações de várias prespectivas.
9. Não penses demasiado no passado e tem a certeza de que dás o teu melhor no presente. Por vezes massacramos a cabeça a pensar no que aconteceu no passado, no que podiamos ter feito de diferente, como era a vida antes... a verdade é que nada disso importa muito para o presente e o futuro. O que importa é o que fazemos aqui e agora, pois isso é que pode mudar a nossa vida amanhã!
Eu sei que este post não é exactamente no âmbito das temáticas aqui no blog, mas também sei o que é acordar todos os dias desmotivado e questionar tudo na vida. Por isso quis dar estas dicas, que talvez possam ajudar algumas de vocês <3

Guia 2014 #2: Como alcançar os teus objectivos

O post de hoje é a continuação do guia para 2014, desta vez sobre como alcançar os nossos objectivos. No início do ano todos fazemos resoluções, coisas que queremos mudar ou alcançar durante o ano, mas muitas dessas resoluções morrem na praia, sobretudo porque não temos um plano para as alcançar! Um projecto sem um plano é apenas um sonho. Assim, hoje venho dar-vos algumas dicas que talvez vos possam ajudar.
1. Primeiro que tudo é essencial ter resoluções/projectos que sejam alcançáveis! Se vamos fazer a resolução de, por exemplo, perder 50kg até ao Verão... provavelmente não vamos ter sucesso. Assim, é importante parar para pensar se esse objectivo é possível. Outro exemplo, se disser que não vou beber nenhum refrigerante o ano todo, posso estar a puxar um bocado o elástico, mas se disser por exemplo que não vou beber mais do que um refrigerante por mês, tenho mais alguma margem de manobra e estou igualmente a fazer algo de bom para mim, não tendo aquela pressão do nenhum.
2. Não é preciso ter uma lista de 20 coisas que queremos alcançar ou mudar em 2014. É importante pensar quais são os objectivos que realmente queremos atingir e que estamos preparadas para mudar na nossa vida. Mais vale ter 5 objectivos que realmente estamos prontas para "trabalhar em" do que 20 que provavelmente vamos esquecer ao longo do ano.
3. Arranjar um caderninho para manter ao longo do ano é importante. Este caderno vai servir para fazerem o vosso plano de objectivos e o plano individualizado para alcançar cada um dos objectivos. Podem levá-lo convosco para todo o lado e ir actualizando as vossas listas.
4. O que é que eu quero dizer com fazer uma lista dos objectivos? Por exemplo (elaborei uma lista simulada):
Para esta lista ocupem a primeira página do vosso caderno de objectivos. Dividam os objectivos em categorias, e em cada categoria ponham tudo o que querem alcançar, novamente de forma realista.
5. O que é que quero dizer com fazer um plano para alcançar um objectivo? Imaginemos que querem perder peso. Segundo as nutricionistas, o ideal será perder cerca de 0,5kg por semana (ou 2kg por mês), o que significa que podem perder até 24kg num ano, por exemplo!! Assim, aqui fica um exemplo de um plano para um objectivo do género:
Comecem por fazer a lista de objectivos do ponto anterior, depois para cada objectivo deixem uma página do caderninho onde possam escrever o vosso plano para alcançar esse objectivo. Neste plano devem constar semi-objectivos, ou seja, etapas que podem ir alcançando ao longo do ano a caminho de alcançar esse objectivo. Por cada etapa cumprida ao longo do ano colocam um certo, o que vos vai manter mais motivadas à medida que vão alcançando cada uma das etapas que definiram, ao contrário de um único objectivo a longo prazo, que irá demorar mais a ser atingido. Depois escrevam a lista de tudo o que podem fazer para alcançar esse objectivo, e novamente sejam realistas. É por esta lista que se devem guiar diariamente, de forma a que se mantenham a par do que têm a fazer ao longo do ano. Depois é importante definir uma data para alcançar esse objectivo, ter uma data impede-nos de procrastinar e ajuda a um melhor planeamento. Façam isto para cada um dos objectivos que têm.
6. Mantenham-se a par dos pequenos progressos que fazem diariamente para alcançar os vossos objectivos. Por exemplo, para perder peso podem optar por escrever passos fáceis de alcançar dia-a-dia, como usar as escadas em vez do elevador, fazer 10 minutos de caminhada todos os dias, enfim, coisas pequenas que realmente sabem que podem fazer todos os dias. Ao fim de cada dia pensem o que fizeram nesse dia e escrevam no mesmo caderno ou numa agenda. Ajuda-vos a perceber porque é que estão ou não estão a conseguir alcançar os vossos objectivos. E mantém a mente centrada naquilo que vocês querem alcançar!
7. Imaginar-te alcançando determinado objectivo, pensar o que mudaria na tua vida ao alcançares esse objectivo, etc, ajuda a manter a motivação. Muitas vezes a falta de motivação é o principal motivo que nos leva a desistir dos nossos objectivos. Assim, pensar na nossa vida futura ajuda a manter a motivação, tal como ler livros ou ouvir pessoas que nos inspirem, que nos ajudem a ter força por lutar pelo que queremos e a fazer mudanças na nossa vida.
8. Rodeia-te de pessoas que te apoiem, motivem e não vão num caminho oposto àquele que queres para ti. Quando temos menos vontade ou nos sentimos mais em baixo, ter pessoas que não nos apoiam ou que querem algo completamente incompatível com aquilo que queremos pode-nos fazer fugir completamente dos nossos objectivos. Pelo contrário, se tivermos pessoas à nossa volta que nos motivam, nos dão força e nos puxam para cima, vamos estar mais motivadas para lutar.
9. Fazer o que nos faz felizes durante, pelo menos, 15 minutos por dia. Principalmente para estudantes e pessoas que trabalham muitas horas por dia, é importante parar para fazer algo que nos deixa felizes e nos ajuda a aliviar a tensão. Pode ser brincar com os animais de estimação, ver vídeos no youtube, ouvir música, dançar, enfim! Algo que nos ajude a aliviar a tensão, a sentir uma maior felicidade e evitar ficar deprimido quando algo corre menos bem.
10. Permitir-nos a falhar e sentir tristeza. Todos nós, em alguma altura da nossa vida, vamos falhar, vamos sentir tristeza. E é importante aceitar isso, não temos de nos sentir obrigados a ser sempre os melhores, a estar sempre felizes. Aceitar isso faz-nos reconhecer que somos humanos, que não temos de viver sobre uma pressão constante. Muitas vezes ficamos deprimidos porque achamos que temos de fazer tudo bem, temos de ser perfeitos, e com tanta tensão acabamos por não conseguir seguir em frente, sentimos que falhamos, que somos horríveis e não conseguimos sair desse ciclo vicioso que nos está a impedir de avançar. Aceitar que falhar é normal e ser capaz de retomar o caminho ajuda-nos a alcançar os nossos objectivos.
11. Ser organizado, tanto no tempo como no espaço, é essencial para termos tempo no nosso dia-a-dia de trabalhar a favor dos nossos objectivos. Por cada minuto que perdemos à procura do estojo ou de uma camisola, por exemplo, é tempo que desperdiçamos do nosso dia. Assim, convido-vos a ler este post sobre como organizar o tempo e este post sobre como manter o vosso espaço organizado.
12. Manter uma rotina de sono adequada também é importante, se não trabalharmos nas horas mais produtivas do nosso dia, também será mais complicado alcançar o que desejamos. Por exemplo, eu funciono muito bem durante a manhã, então o meu objectivo é deitar-me mais cedo e levantar-me mais cedo, de forma a aproveitar o máximo possível da manhã, mas também a não dormir menos de 6 horas por dia. Se têm dificuldades em dormir, aconselho a verem este vídeo.
13. Por fim, é essencial ter força de vontade. Por muito que se planeie, se pense, etc, se não tivermos força de vontade não conseguimos alcançar nada. Ninguém nos pode vender ou oferecer força de vontade, ela depende exclusivamente de nós próprios.
Minhas queridas, estas são todas as dicas que tinha para partilhar convosco, espero que vos ajudem! Se tiverem mais dicas, por favor deixem nos comentários :) Desejo-vos um ano de muitos sucessos!

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook