Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Base da Semana #8 - Catrice Matt Mousse Make Up

catricemousse.jpg

 A base de que vos venho falar hoje surgiu há algum tempo num post de compras e desde então tenho vindo a dar-lhe várias oportunidades para fazer uma avaliação justa para vocês.

 Já é do conhecimento geral aqui no blog que tenho a pele oleosa e procuro sempre bases que permitam um acabamento mate natural e ajudem a disfarçar imperfeições e poros dilatados - os grandes problemas da pele oleosa. As bases em mousse são das mais conhecidas para darem um acabamento mate com boa cobertura, pelo que decidi experimentar a da Catrice, que promete uma pele mate durante 12h, com uma cobertura perfeita, natural e com acabamento pó, que disfarça poros e linhas.

 Infelizmente a base não me impressionou. Quando tocamos no produto sentimos uma textura em mousse, mas que é mais húmida do que seca, o que faz com que seja muito fácil de espalhar mas ao mesmo tempo que proporcione pouca cobertura e um acabamento brilhante. Acabei por ter que usar bastante mais produto do que gostaria para conseguir uma cobertura leve/média e tive também que fixar a base com pó, o que vai contra o propósito de a própria base ter um acabamento em pó, que matifica a pele. Durante o dia senti a pele bastante gordurosa e acabei por tirar a base assim que cheguei a casa. Experimentei com diferentes hidratantes e primers, para avaliar se havia alguma diferença, mas tive sempre a mesma sensação. Assim, não acho que esta base seja indicada para peles oleosas.

 A cor Soft Ivory tem um tom mais amarelado, o que é raro de encontrar em bases mais económicas, pelo que esse é um aspecto positivo sem dúvida. No geral, penso que esta base seja mais adaptada a quem tem a pele normal e precise de uma cobertura leve. A Matt Mousse Make Up está disponível nas lojas Wells ou aqui por 5,69€ (16g).

 Já experimentaram esta base? Tiveram uma experiência diferente?

Base da Semana #7 - Vichy Dermablend

dermablend.jpg

  Esta semana venho falar-vos da base com mais cobertura que alguma vez experimentei: a Dermablend, da Vichy. Esta base é correctiva e foi especialmente desenvolvida para cobrir imperfeições, marcas e cicatrizes. Se precisam de uma cobertura elevada esta é, sem dúvida, a base ideal para tal! Apesar de não ser sem óleo, não é comedogénica, pelo que não tem tendência a agravar as peles acneicas. Funde-se e espalha-se facilmente na pele e permite cobrir totalmente apenas com uma camada. Ainda assim, eu não recomendaria a usarem esta base em todo o rosto, mas apenas de forma localizada nas zonas onde precisam de mais cobertura, deixando o resto da pele um pouco mais natural. Outra boa opção para o dia-a-dia é misturar a base com um pouco de hidratante, o que forma um género de creme com cor com uma cobertura média. A base é compatível com todos os tipos de pele mas as peles oleosas irão precisar de um pó matificante e de o ir retocando ao longo do dia. Algo que quero chamar a atenção é para o facto de a base transferir um pouco, por isso evitem usar cachecóis ou camisolas de gola de tons claros ou encostar muito o rosto a alguém! No geral, acho que é uma base bastante boa para o seu preço e, claro, para quem procura este tipo de produto! Encontram-na à venda em farmácias e aqui por cerca de 20€ (30ml). Durante o mês de Abril a Vichy está com 25% de desconto na Skin, pelo que poderão comprar a base por 15€ se estiverem interessadas! Já experimentaram? O que acharam?

Base da Semana #6 - Maybelline AFFINIMAT

DSC03295.JPG

  Tenho recebido imensas perguntas da vossa parte sobre a nova base AFFINIMAT da Maybelline, pelo que decidi comprar para experimentar e poder dar-vos a minha opinião! Uma coisa que odeio nas bases de hipermercado é escolher a cor... há sempre pouca variedade de tons e nunca conseguimos ter a certeza se a cor que estamos a comprar é a melhor para nós. Habitualmente também é difícil encontrar uma base de tom amarelado que seja clara, mas o tom 30 Sand Beige acaba por funcionar bem no meu tom de pele, sendo que a marca afirma que esta base tem a capacidade de se adaptar ao tom de pele. Ainda assim, convém escolhermos o tom mais aproximado do nosso, caso contrário não funciona. Tem SPF17, o que não é muito alto, pelo que não deixa a pele super pálida nas fotos.

 Gosto da cobertura leve a média que a base proporciona, acho que é óptima para o dia-a-dia. Por cobertura leve a média quero dizer que uniformiza o tom de pele mas não cobre manchas mais escuras ou borbulhas. A textura da base é suave e fácil de espalhar, dando um toque aveludado à pele. Embora não deixe a pele mais oleosa do que é, não acho que controle a oleosidade como promete. Noto que ao longo do dia, mesmo tendo aplicado um pouco de pó, a pele tende a ficar brilhante e preciso de voltar a matificar e a base acumula um pouco nas linhas (não utilizei corrector mesmo para testar). Resumindo, acho que é uma boa base para as peles mistas a oleosas, visto que não torna a pele mais oleosa do que já é, mas lembrem-se que vão precisar de ir matificando ao longo do dia, pois não controla a oleosidade produzida pela pele.

 As interessadas encontram esta base em qualquer hipermercado por 9/10€. Já experimentaram?

Base da Semana #5 - Estée Lauder Double Wear Light

DSC03217.JPG

  Esta semana venho-vos falar da versão light de uma base bem conhecida das apaixonadas por maquilhagem: a Double Wear da Estée Lauder. As fãs dessa base estão habituadas a uma cobertura alta e a um acabamento mate e duradouro. Para um efeito mais natural apropriado ao dia-a-dia, a Estée Lauder lançou a Double Wear Light, que tem menos cobertura e é mais leve.

 Gosto bastante desta base para o dia-a-dia porque é bastante leve, natural e fácil de espalhar. Não só não deixa a pele mais oleosa como ajuda a regular a produção de óleo ao longo do dia mas, ainda assim, eu gosto sempre de a fixar com pó para um efeito mais duradouro. A cobertura é baixa, uniformiza o tom de pele mas não cobre manchas ou borbulhas. Habitualmente uso um corrector para disfarçar essas imperfeições, pois gosto do efeito leve e natural no resto do rosto. Se não têm muito para cobrir, diria mesmo que esta base pode ser ideal para o dia-a-dia. Não tem óleo, por isso não agrava a pele acneica. A embalagem é muito prática, visto que é leve e fina e a forma de remoção do produto é muito higiénica.

 As interessadas encontram esta base à venda em perfumarias ou aqui por cerca de 35€. Como sempre, ao comprarem uma base de perfumaria aconselho a pedirem primeiro uma amostra na loja, para terem a certeza de que gostam da fórmula e escolhem a cor certa antes de fazerem o investimento.

 Já experimentaram esta base? Qual a vossa opinião?

Base da Semana #4 - Clinique Even Better

evenbetter.jpg

  Esta semana venho falar-vos da base Even Better da Clinique, que é uma base que uso há 5 ou 6 anos e que é das minhas favoritas para o dia-a-dia. A fórmula é oil free, tem SPF15 e promete ajudar no combate das manchas.

 Esta é uma base que uso com muita frequência no dia-a-dia porque não tem um efeito pesado na pele mas dá uma cobertura média muito boa. Não cobre a totalidade das imperfeições mas disfarça bem as manchas e o tom de pele no geral. Muitas bases mais leves não dão cobertura suficiente e, visto que ainda tenho algumas manchas de acne, preciso de uma cobertura média sem ser pesada, daí que ache esta base ideal. Diria que foi mesmo pensada para disfarçar as manchas, o que faz sentido tendo em conta a linha de produtos a que pertence. Além disso, é super fácil de aplicar! Espalha-se facilmente com os dedos, é mesmo um sonho. Acaba por ser uma aplicação muito rápida, o que é óptimo para o dia-a-dia. O acabamento na pele é semi-mate e muito confortável.

 A base tem um SPF 15 à base de dióxido de titânio e óxido de zinco que combinados conferem uma protecção muito eficaz. O factor de protecção não é muito alto, mas para as estações frias pode ser suficiente. No que toca ao combate às manchas, eu penso que a base por si só não elimina as manchas, mas é uma ajuda quando combinada com outros produtos e a protecção solar que oferece ajuda a evitar o aparecimento de manchas.

 As fórmulas da Clinique respeitam a pele. Se estiver a ter uma crise de acne ou irritação sei que posso usar esta base sem que ela me cause qualquer problema e sendo confortável de usar. Penso que é indicada para todos os tipos de pele, as peles mais secas precisarão de usar um bom hidratante e as peles oleosas precisarão de um pó matificante. Quem tem a pele muito oleosa poderá precisar de retocar com o pó a meio do dia para absorver a oleosidade, visto que a função desta base não é controlar a produção de óleo. Ainda assim, não torna a pele mais oleosa nem obstrui os poros, visto ser oil free.

 A gama de cores inclui tanto tons claros como tons escuros e é de fundo neutro, nem muito amarelo nem muito rosa. Normalmente uso a cor 03 no Inverno e a cor 05 no Verão. A embalagem é leve, elegante e muito prática. As interessadas encontram a Even Better à venda em qualquer perfumaria ou aqui por cerca de 30€ (30ml). Já experimentaram esta base?

 

Nota: voltei a colocar os comentários moderados porque, como estou novamente em aulas, não tenho possibilidade de ver/responder aos comentários diariamente e com os comentários moderados torna-se mais fácil ver quais são os comentários aos quais ainda não respondi! Habitualmente irei responder à maioria dos comentários durante o fim-de-semana. Obrigada pela compreensão :)

Base da Semana #3 - MAC Studio Fix Fluid

DSC03215.JPG

  Hoje é dia de falar de mais uma base da semana e desta vez será da minha amada Studio Fix Fluid da MAC. Eu já falei várias vezes desta base aqui no blog, mas acho que quanto mais crescemos, aprendemos e experimentamos, mais claras e precisas ficam as nossas opiniões.

 Uma coisa que tenho sempre dificuldade na hora de comprar uma base é encontrar o tom certo para mim. Eu tenho a pele amarelada, mas clara, e normalmente as peles amarelas tendem a ser mais morenas e, por isso, a maioria das bases de tom amarelo ficam muito escuras em mim. No entanto, na MAC existe uma enorme variedade de tons e cores, o que permite que toda a gente encontre o tom perfeito para si. A Studio Fix Fluid é uma base mate de cobertura média a alta e com longa duração, tendo uma tecnologia que absorve e dispersa o óleo produzido ao longo do dia, evitando que existam zonas muito oleosas/brilhantes no rosto. Tem SPF 15, o que não é uma enorme protecção, mas é melhor do que nada.

 Adoro o resultado na pele, que permite cobrir todas as borbulhas e imperfeições, dando um aspecto uniforme e mate à pele. Obviamente que não é uma base de acabamento natural, mas também não fica cara de bolo, basta que seja bem aplicada e espalhada no rosto (podem ver aqui como aplico esta base). Com uma camada a base fica com uma cobertura média e com duas camadas fica com cobertura total, sendo bastante fácil aplicar várias camadas sem que elas fiquem muito pesadas. Aplico um pouco de pó para manter o efeito mate e a base dura o dia todo sem ficar com um aspecto demasiado pesado ou oleoso. Não noto que a base me faça borbulhas, mas tem de ser bem removida. Como é uma base de longa duração, tende a agarrar bastante à pele, pelo que prefiro um óleo desmaquilhante para a remover. Acho que muita gente tem problemas em a base causar borbulhas porque acaba por não ser removida na totalidade! Acho que a base é perfeita para peles normais, mistas ou oleosas. As peles secas podem não gostar muito desta base, visto ter um acabamento mate, que pode "agarrar" a zonas mais secas.

 A embalagem não vem com pump, mas podem comprar um à parte na loja, que pode ser reutilizado a cada nova embalagem. É uma embalagem bastante elegante, com um vidro de qualidade, e a base tem uma textura fluida, tal como o nome indica, pelo que mesmo sem o pump não é difícil tirar produto. Devo mesmo dizer que esta é uma das minhas bases favoritas, senão a minha favorita mesmo. Se tiver um evento importante é esta que uso, sem dúvida nenhuma!

 A base tem 30ml e custa cerca de 31€ em qualquer loja MAC ou, penso eu, no El Corte Inglés. Por favor, tenham cuidado ao comprar produtos MAC online, eu não conheço nenhum revendedor autorizado em Portugal e há muitos sites a vender réplicas, que não têm a mesma qualidade. Já experimentaram esta base?

NOTA: nas lojas MAC as maquilhadoras estão sempre dispostas a dar uma pequena amostra da base, suficiente para duas ou três utilizações, para que possam experimentar antes de comprar e, assim, perceberem se é uma base que irão gostar ou não.

Base da Semana #2 - Urban Decay Naked Skin

DSC03219.JPG

  Hoje venho falar-vos de uma base que anda nas bocas do mundo. Tenho vindo a testar a base há já algum tempo e hoje finalmente tenho uma opinião final para vos dar sobre a mesma. A Urban Decay define esta base como sendo  leve e de ultra definição, sem parabenos, sem óleos, com péptidos e que confere luminosidade à pele. Para mim ser sem óleo é um factor muito importante porque tenho a pele acneica e o óleo nos produtos tende a obstruir os poros, pelo que foi a principal razão que me levou a experimentá-la.

 Concordo que a base é super leve e líquida, a nossa pele continua a ver-se por baixo da base e não fica pesada ou gordurosa. Parece mesmo pele. A marca diz que a base tem cobertura média a alta, mas eu diria que é de cobertura média. Com uma camada a cobertura fica bastante leve e com 2/3 camadas a cobertura fica média, mas eu acho que nunca chega ao ponto de ser cobertura total. No entanto, o efeito de luminosidade que dá à pele acaba por disfarçar manchas, linhas e rugas. Podem-se trabalhar diversas camadas sem que fique pesada, visto que a textura é tão fluida. A base tem uma cobertura mais leve quando aplicada com as mãos ou uma esponja e uma cobertura mais elevada quando aplicada com um pincel de cerdas sintéticas. A embalagem, bastante elegante e de boa qualidade, vem com um pump de fácil dispersão. Vem com 30mL e dura bastante tempo, visto não ser preciso usar muita quantidade de produto.

 Acho que a Naked Skin é, no geral, indicada para qualquer tipo de pele, mas as peles secas irão precisar de um bom hidratante, para evitar que a base "agarre" a zonas secas. Já as peles oleosas vão precisar de um pó para fixar e controlar o brilho, visto que, apesar de não ter óleo, a base não é de longa duração e pode precisar de ser retocada. A variedade de cores disponíveis é bastante boa, sendo que as cores terminadas em .0 são de tom amarelado e as terminadas em .5 são de tom rosado/neutro. Eu utilizo a cor 3.0 e, como guia, uso a cor NC20 na MAC.

 No geral, acho que esta base é ideal para o dia-a-dia, dando um efeito natural. Pode ser combinada com um corrector para cobrir borbulhas ou outras imperfeições mais proeminentes. As interessadas encontram esta base à venda em qualquer Sephora ou aqui por cerca de 35€. É, sem dúvida, uma das minhas favoritas, especialmente porque é difícil encontrar uma base sem óleo que funcione para o meu tom de pele, que é amarelado mas claro ao mesmo tempo. Já experimentaram?

Base da Semana #1 - OTC Acnoil Free Maquillaje Fluido

acnoilfree.jpg

  Olá meninas! Este ano decidi começar uma nova rubrica sobre bases, onde a cada semana vos falarei de uma base! Ao longo dos últimos 2 anos experimentei várias bases e por vezes falei delas nos vídeos mas não cheguei a fazer um review propriamente dito, pelo que a cada semana vos falarei de uma, até não ter mais para falar, obviamente!

 Hoje venho falar-vos de uma base pouco conhecida, que me foi recomendada pela Dermatologista, a Acnoil Free Fluido da OTC. A OTC é uma marca espanhola de venda em farmácia que, entre outros, desenvolve produtos indicados para o acne. A versão compacta desta base foi a primeira base que alguma vez usei e, visto que essa foi descontinuada, agora a Dermatologista recomenda a versão líquida da mesma. Nem sempre é fácil encontrar esta base à venda, mas podem pedir na farmácia, visto que eles encomendam ao fornecedor. Ela é especialmente indicada para peles acneicas e oleosas porque não contém perfumes nem óleos, prevenindo a obstrução dos poros e podendo ser usada diariamente.

 A base tem uma textura líquida fácil de espalhar e que proporciona uma cobertura média. Se quiserem podem aplicar um pouco mais nas zonas que precisam de mais cobertura e conseguem cobertura total, tapando manchas e borbulhas. Outro facto que adoro nesta base é o de não precisar de pó para controlar a oleosidade, ela fica mate o dia todo. No entanto, acho que a base não se fixa muito bem na pele, acabando por sair com facilidade quando toca na roupa, no telemóvel, num guardanapo ou quando está a chover, por exemplo, o que significa que tenho que acabar por usar um pó para a fixar e evitar que saia rapidamente. Outro factor contra esta base são as cores disponíveis, visto que são apenas 3: Nacar, Caolin e Oro. Nacar é indicada para pele muito clara, a Caolin para pele clara e a Oro para pele média/morena. Logo para começar a opção de escolha não é muita. Quando comprei a base a cor Nacar estava completamente esgotada, mesmo no fornecedor, e eu também não sou muito muito branca, por isso optei por encomendar a Caolin. A verdade é que a Caolin é escura para mim, só a posso usar no Verão! Assim, devo dizer que as cores são mais escuras do que o indicado pela marca. O preço da base é de 24,95€ para 35mL de produto.

 Resumindo, gosto muito do facto de a base ser mate e ter boa cobertura, sendo que a cor também é boa para mim no Verão. Mas não aprecio o facto de haver apenas 3 cores, de não fixar muito bem na pele e de não ser a mais fácil de encontrar à venda. Acho que o preço não é muito elevado para uma base de farmácia e para a quantidade de produto. Ser ou não uma boa escolha para vocês depende daquilo que procuram numa base!

 Alguma vez experimentaram esta base? Qual é a vossa favorita?

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas