Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

PELE SECA VS PELE DESIDRATADA

pele desidratada.jpg

  Conhecer o estado global da nossa pele é essencial para conseguir um cuidado apropriado. Apesar de quase todas sabermos dizer se a nossa pele é seca/normal/mista/oleosa, muitas vezes confundimos pele seca com pele desidratada. A verdade é que qualquer tipo de pele (seco/normal/misto/oleoso) pode combinar-se com uma pele desidratada. Pode parecer bizarro, mas acontece frequentemente com as peles oleosas, que habitualmente abusam dos produtos adstringentes e nem sempre hidratam em condições.

 Então mas afinal qual é a diferença entre pele seca e pele desidratada? É simples, a pele seca manifesta-se quando há ausência de produção de óleo pela pele, enquanto a pele desidratada se manifesta pela falta de água. Assim, talvez já consigamos perceber porque uma pele oleosa fica facilmente desidratada: óleo não é água e, portanto, a pele oleosa também precisa de ser hidratada.

Algo que as pessoas com pele desidratada notam com frequência é que a maquilhagem não dura. E porquê? Porque a pele desidratada tende a absorver tudo o que nela é aplicado em busca de hidratação. Assim, usar produtos humectantes e manter a pele hidratada ajuda a prolongar a duração da maquilhagem, já que a pele não terá tanta tendência de a absorver.

 Como podemos, então, manter a pele hidratada? Devemos recorrer a produtos ricos em ingredientes humectantes, como o ácido hialurónico, a glicerina, a aloe vera, etc, que ajudam a pele a reter água. Uma pele seca pode combinar estes ingredientes com outros produtos ricos em óleos e agentes emolientes para combater a secura, já uma pele oleosa deverá procurar produtos sem óleo, que hidratem sem deixar a pele gordurosa.

  Alguns exemplos de produtos hidratantes ricos em ácido hialurónico são os séruns Hydrating B5 da SkinCeuticals e Hidraderm Hyal da Sesderma e os cremes Hydraphase da La Roche Posay e Moisture Surge da Clinique, ambos disponíveis em versões para pele seca e pele mista/oleosa. Obviamente que há mais opções no mercado, eu falo-vos das que já experimentei e gostei, confiram sempre a lista de ingredientes! Combinar um sérum hidratante com um creme emoliente ou oil-free, dependendo do tipo de pele, é das melhores formas de potenciar a hidratação da pele.

 Espero que este post vos ajude e se tiverem alguma dúvida por favor digam e eu tentarei responder :)

5 comentários

Comentar post

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas