Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Guia 2014 #4: Como poupar (ainda mais) em 2014!

Olá minhas meninas! Primeiro que tudo quero agradecer todo o apoio demonstrado no último post, todas vós por aqui são como amigas para mim, embora nem sempre acreditem. Assim que puder irei responder a todos os comentários :) Depois do fim do semestre, na Quinta-feira, tirei uns dias para descansar e estar com a família, já que hoje tive de começar a estudar para os exames. O fim-de-semana correu bastante bem, tirando o facto de ontem ter dado um trambolhão 'daqueles' numa zona escorregadia e hoje quase não me conseguir sentar!! Bah!

Para o post de hoje trago-vos mais um guia para 2014, desta vez sobre como poupar. Não é a primeira vez que faço um post destes, mas acho que hoje vos posso trazer um mais completo, com algumas coisinhas que aprendi nos últimos meses, se tiverem dicas podem também partilhar nos comentários :)

1) Evita comer fora de casa. Só o que comes a meio da manhã no bar da escola/trabalho, pode poupar-te pelo menos 30€ por mês! Prepara uma lancheira com o que precisas durante o dia (meio da manhã, almoço, lanche, etc) e, não só vais comer de forma mais saudável, como vais poupar uns bons trocos. Se tiveres mesmo de comer fora, opta por menus infantis ou poupança, que são mais baratos, ou leva a tua própria bebida e compra apenas o prato principal.

2) Pensa nos teus objectivos. Se tiveres objectivos daquilo para que precisas de poupar, faz um orçamento. Pensa quanto precisas e para quando precisas, de forma a definires quanto precisas de poupar por mês, por exemplo.

3) Faz um plano mensal das tuas despesas. Fazeres um plano onde incluas quanto dinheiro tens, quais são as tuas despesas fixas, as despesas flutuantes, etc, vai ajudar-te a ter uma melhor ideia do teu dinheiro, de forma a ser mais fácil fazer a sua gestão e ver quais são os gastos possíveis de cortar.

4) Compras inteligentes. Todas as mulheres gostam de estar bem vestidas, mas a roupa pode não sair barata. É preciso ser inteligente ao comprar, avaliar a qualidade das peças, etc. Ao teres bons básicos, que te vão durar vários anos, vais poupar bastante daí em diante. Depois aproveita as novas colecções para comprar 2 ou 3 peças tendência que ajudem a enriquecer o teu look, e assim estarás sempre bem sem gastar muito. Outro factor importante, é levares apenas o dinheiro que podes gastar, e deixar todos os cartões em casa. Dessa forma, não gastas mais do que o suposto!

5) Aproveita os saldos. Os saldos são uma óptima altura para fazer compras, especialmente para comprar bons básicos a preços mais baixos. Encontra-se de tudo, desde roupa, pijamas, roupa de treino, calçado, acessórios, decorações, cosméticos, enfim. Podem ver este post e este post sobre como fazer compras inteligentes nos saldos.
6) Aproveita os descontos. Por exemplo, aqueles descontos de 10% em cartão do Continente podem ser uma grande ajuda. Podem optar por comprar todos os produtos não perecíveis do mês, como cereais, leite, enlatados, etc, na semana do desconto e assim ganhar dinheiro em cartão para as restantes compras do mês, como iogurtes, peixes, etc. É sempre preciso ter atenção às promoções, porque algumas não passam de esquemas, mas também há bastantes que vale a pena aproveitar. Convém também evitar a loucura de ir a 5 supermercados diferentes para tentar poupar mais, o que se gasta em gasolina e tempo extra não compensa. O ideal é encontrar um ou dois hipermercados onde se consegue poupar na globalidade, os meus favoritos são o Continente e o LIDL.
7) Compara preços no supermercado. Muitas vezes comprar produtos de marca branca pode não ser o mais rentável, outras vezes pode ser. Assim, compara qualidades (lista de ingredientes), quantidades, preços, variedades, enfim. Por exemplo, comprar os iogurtes magros da Mimosa sai-me apenas uns cêntimos mais caro que outros de marca branca, mas são mais práticos de levar na carteira devido à embalagem e são nutricionalmente bastante bons, o que para mim compensa a pequena diferença. Comprar embalagens grandes também é uma boa forma de poupar a longo prazo.
8) Participa em passatempos. Muitas vezes olhamos para passatempos e pensamos "oh nunca ganho", "hum isto não é algo que preciso agora", etc etc, a verdade é que participar num passatempo é, em 80% dos casos, gratuito e podemos ganhar imensos prémios fantásticos, que podemos manter para nós ou dar como presente a amigos e familiares.
9) Procura presentes com antecedência. Seja para o Natal, um aniversário, enfim, começa a procurar os presentes com tempo. Ao procurares com tempo podes ir analisando e comparando preços, e escolher a opção que considerares melhor. Se fores com pouco tempo para escolher, podes acabar por fazer a escolha menos económica.
10) Anda a pé e aproveita o bom tempo. Quando estiver bom tempo aproveita para andar a pé, seja para te deslocares para a escola/trabalho ou para passear. Podes também aproveitar para fazer uns lanches em jardins e parques, que são planos de amigos/familiares mais económicos e divertidos do que passar a tarde num centro comercial, por exemplo.
11) Compara preços dos serviços que utilizas. Como internet, televisão, gasolina, telefone, água, luz, seguros, ginásio, enfim! Pode haver empresas que oferecem serviços mais rentáveis, pelo que quando os teus contratos terminarem procura as melhores opções para ti. No entanto, não te esqueças de comparar a qualidade também, especialmente em serviços de internet e televisão.
12) Procura a melhor opção de poupança. Dirige-te ao teu banco e procura as soluções de poupança que estão à tua disposição. Algumas apenas te 'prendem' o dinheiro, mas outras podem-te ajudar efectivamente a aumentar o teu investimento inicial. Consulta os planos no site do teu banco e, se precisares, procura ajuda com o gestor de conta.
13) Tira todas as potencialidades do ginásio. Todos queremos ser saudáveis e o ginásio é, na maioria das vezes, a melhor opção para exercícios, já que podemos fazer todo o tipo de aulas e ter um profissional a aconselhar-nos. Assim, ao pagar uma mensalidade temos de tirar proveito de tudo o que pagamos. O que quero dizer é, por favor, quando forem ao ginásio não vão para casa tomar banho, tomem banho no ginásio, apenas evitem banhos de meia hora. A mensalidade que pagam já conta com um duche no final de cada dia de exercício, pelo que dessa forma vão poupar em água e gás/luz em casa, o que já ajuda na mensalidade do ginásio.
14) A comida saudável não tem de ser cara. Iogurtes, fruta, peixe, bolachas de água e sal, enfim, podem ser muito mais económicos do que biscoitos, bolos e comidas pré-feitas. Façam o vosso menu saudável dentro das vossas possibilidades e procurem os preços mais em conta.
15) Poupa nas revistas. Sei que este tópico não se aplica a todos, mas pessoalmente consigo ver o quanto se pode gastar em revistas todos os meses. Compro imensas revistas para estar a par das novidades, e também porque me dá imensas ideias para o blog, mas a verdade é que não sai barato e nem toda a gente tem necessidade de as comprar. Hoje em dia, com blogs, sites, vídeos, enfim, já podem saber todas as novidades sem ter de gastar dinheiro. No entanto, podem também optar por assinar a vossa revista preferida e poupar uns trocos.
16) Partilha com amigos e faz trocas. Partilhar livros, revistas, CDs, DVDs, etc, com amigos pode ser uma forma de poupar, pois podem ler/ver/ouvir uma maior variedade de produtos sem ter de os comprar todos. Fazer trocas de roupa, acessórios, móveis, enfim, também é uma forma de poupar.
17) Cuidado com a electricidade! A electricidade está cara e é um bem não renovável, pelo que temos de ter cuidado. Evita ter luzes acesas sem necessidade, tenta agasalhar-te em vez de usar aquecedores ou abrir janelas em vez do ar condicionado e antes de dormir vê se tens tudo desligado, TVs em stand-by e carregadores sistematicamente ligados à ficha gastam sem dares conta.
18) Planeia com antecedência! Se estás a pensar visitar outro país ou passar umas férias diferentes, procura viagens e hotéis com antecedência, pois dessa forma podes encontrar as opções mais económicas. Lembro-me que antes de termos a casa em Portimão, o meu pai marcava as férias de Verão em Dezembro/Janeiro, para encontrar as melhores ofertas.
19) Aprende a arranjar-te. Aproveita as dicas das tuas bloggers favoritas para aprenderes a maquilhar-te, arranjar o cabelo, pintar as unhas, escolher a roupa, enfim. Dessa forma, sempre que tiveres uma ocasião especial, vais poupar imenso em cabeleireiro, esteticista, enfim. Podes também experimentar fazer a depilação em casa se habitualmente vais a um instituto, é imenso que poupas! As sobrancelhas são a única depilação que faço fora - na Benefit (beijinho Andrea) - porque não as consigo arranjar da mesma forma em casa, mas tudo o resto faço em casa com cera fria ou máquina :)
20) Part-time? Se conseguires arranjar alguma actividade que concilia bem com o teu horário das aulas/trabalho e ao mesmo tempo te dá uns trocos extra, é uma boa forma de poupar, pois podes encaminhar esse dinheiro directamente para uma conta poupança! Há imensas actividades em que podes pensar, como babysitting, revenda, enfim.
21) Mantém-te organizada. Manter roupeiros, armários, cozinhas, etc, organizados ajuda a evitar compras não essenciais. Quantas vezes a minha mãe comprou arroz no supermercado, para depois eu encontrar um ou dois pacotes no fundo do armário? Só se tiveres tudo organizado podes saber ao certo o que tens em casa.
22) Evita demasiadas saídas. As saídas à noite, ao cinema, etc, podem sair muito caras. enta programar saídas menos dispendiosas, em que possam conviver sem ser necessário gastar muito (ou pagar entrada) e leva sempre algo de casa na carteira para petiscar quando tiveres forme.
23) Tira os teus apontamentos e resumos. Se estás a estudar, para além de estares a estudar poupas algum dinheiro em fotocópias! Além do mais se fores estudando por ti, fazendo resumos e pesquisas evitas comprar livros de resumos ou de estudo, que normalmente não são baratos.
24) Cuidado com os "empréstimos". Claro que todos podemos precisar que alguém nos empreste dinheiro, mas há sempre aquelas pessoas cujos empréstimos duram para sempre, uma vez que nunca devolvem o dinheiro, Antes de emprestares dinheiro a alguém, avalia se essa pessoa tem tendência a cumprir "prazos" de entrega, e caso não o faça não tenhas problemas em pedir-lhe.
25) Mantém um mealheiro. Quando chegares a casa, coloca todos os trocos que tens no mealheiro. Ao final do ano, vais ter um dinheirinho extra com que não contavas.
E pronto meninas, estas são as minhas dicas, espero que ajudem :) Se tiverem mais dicas, partilhem nos comentários!!

6 comentários

Comentar post

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas