Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

CASACOS A ESPREITAR NOS SALDOS

Os saldos são das melhores alturas para procurar peças que habitualmente são mais caras, como um bom casaco. A verdade é que um casaco bem quente faz toda a diferença durante o Inverno e compensa imenso comprá-los um pouco mais baratos! Aqui ficam algumas sugestões (podem clicar nas peças para ver a marca e os preços):

 

DICAS & O QUE COMPRAR NOS SALDOS

salespic.jpg

 Como prometido no vídeo de ontem, hoje partilho convosco o que comprar nos saldos, bem como algumas dicas para melhorar a experiência de compra!

 

O QUE PRECISAMOS E O QUE DEVEMOS EVITAR

 Ainda antes de pensarmos em aproveitar os saldos, devemos analisar algumas coisas no nosso roupeiro:

  • Peças que fazem falta (as atuais estão gastas, já não servem, não temos mesmo a peça, etc). Tentem fazer esta análise para todas as estações, já que muitas vezes encontramos peças fora de época nos saldos a excelentes preços;
  • Peças que temos em demasia (peças muito semelhantes ou que temos mais do que precisamos);
  • As marcas das peças que mais gostamos e usamos com mais frequência, bem como os nossos tecidos favoritos (tentem fazer uma seleção das vossas peças favoritas - aquelas sem as quais "não vivem" - e analisem a marca, o corte, o tecido, o tamanho, etc);
  • A qualidade/variedade das peças básicas, que são o core de qualquer look.

 Depois de analisarem estes tópicos, poderão ter uma ideia mais clara para se prepararem para as compras:

  • As peças que nos fazem mais falta devem ser o primeiro investimento que fazemos;
  • As peças que temos em demasia devem ser evitadas. Há algumas peças que nos atraem só de olharmos para elas, mas se já temos demasiadas no roupeiro, não precisamos de gastar dinheiro em mais;
  • As marcas que mais gostamos/usamos/têm melhor qualidade devem ser a nossa primeira paragem - provavelmente encontramos lá modelos, tamanhos, cores, etc, que nos agradam mais que noutros locais e evitamos ter que "rodar" todas as lojas e sair de mãos a abanar;
  • As peças básicas - como uns bons jeans, malhas de qualidade, um casaco quente, etc - são fundamentais no nosso roupeiro, e são elas que nos permitem construir todos os looks. Se alguns dos nossos básicos não tiverem muita qualidade ou já estiverem gastos, os saldos são uma boa altura para investir neles.

salespic2.jpg

O QUE COMPENSA COMPRAR NOS SALDOS

 Além das peças que realmente precisamos de adicionar ao roupeiro, há sempre outras coisas que valem a pena comprar nos saldos se as encontrarmos a bom preço:

  • Roupa interior e pijamas, que precisam de ser substituídos com frequência. Eu aconselharia, sobretudo, a aproveitarem para investir em bons soutiens, que fazem toda a diferença em termos de conforto e saúde dos seios. A lingerie mais sensual, por exemplo, também compensa muito mais nesta altura e mesmo em termos de básicos conseguimos muitas vezes encontrar bons descontos;
  • Roupa de desporto, que habitualmente encontramos a preços muito mais simpáticos e que, como lavamos com frequência, também podemos precisar de substituir com frequência ou ter em mais quantidade;
  • Roupa formal, sobretudo se o trabalho o exigir. As peças formais, sobretudo com qualidade, podem ser bastante caras e aproveitando os saldos conseguimos poupar um pouco enquanto mantemos um roupeiro de trabalho elegante e com qualidade. Os tecidos naturais - como a lã, a seda, o algodão, etc - são muito mais duradouros;
  • Peças tendência, pois visto que as tendências são passageiras, mais vale pouparmos o máximo que pudermos nelas. Ainda assim, não se percam a comprar peças tendência antes de terem investido nos básicos fundamentais;
  • Roupa para criança, pois as crianças estão sempre a crescer e a precisar de substituir a roupa. É inteligente investir em peças chave que a criança precisa no tamanho que veste agora, bem como num tamanho ligeiramente acima e que vai servir nos próximos meses. As crianças não estão tão dependentes de tendências ou código de vestuário com os adultos e, portanto, encontram-se peças a preços fantásticos que, mesmo que não sirvam imediatamente, vão servir dentro de pouco tempo;
  • Calçado, casacos e carteiras, que habitualmente são peças mais caras se forem de boa qualidade;
  • Toalhas e lençóis, algo em que habitualmente não gostamos de gastar muito dinheiro, mas que utilizamos todos os dias! Assim, compensa imenso aproveitar a época de saldos para investir em têxteis de melhor qualidade;
  • Por falar em toalhas e lençóis, os saldos também são uma boa altura para renovar loiças, talheres ou outros utensílios que sejam precisos em casa - a Zara Home e A Loja do Gato Preto, por exemplo, têm opções deliciosas;
  • Cosméticos, pois muitas lojas de beleza também já aderiram ao frenesim dos saldos e, portanto, podemos poupar uns bons tostões ao reabastecer produtos que usamos com frequência!

salespic3.jpg

ALGUMAS DICAS EXTRA

 A nossa experiência nos saldos - e a saúde da nossa conta bancária - pode ser muito melhor se seguirmos alguns princípios básicos:

  • Evitar as lojas nos dias de mais movimento - habitualmente ao fim-de-semana - já que pode tornar todo o processo muito mais cansativo e impedir-nos de ver as lojas com calma;
  • Confortável, sempre. Nos dias em que decido aproveitar os saldos, opto sempre por um outift confortável e, sobretudo, em calçado que me permita andar bem mas também que dê o mínimo trabalho possível a calçar e descalçar. Levo sempre também um top básico vestido, que me permita ver como as peças assentam;
  • Não comprar só "porque é barato" - as peças em que decidimos investir devem encaixar perfeitamente nos critérios que estabelecemos anteriormente. Se não precisamos da peça, se ela não tiver qualidade, se não servir em condições, etc, não vale a pena gastarmos dinheiro. Já fiz o ditado - o barato sai caro;
  • Analisar a política de trocas e devoluções é essencial. Quando chego a casa - ou quando as peças chegam, se as tiver encomendado online - gosto sempre de analisar como encaixa nos looks que tinha pensado para ela. Se afinal não é o que esperava, não exito em devolver. E digo devolver em vez de trocar porque já vimos a loja antes e já comprámos o que queriamos, ao trocarmos por outra coisa estamos a empatar o dinheiro noutra coisa que não precisamos. A troca é a minha última escolha, apenas caso a loja não aceite devoluções;
  • Online é uma boa opção. Confesso que faço muitas das minhas compras online, já que aqui não temos imensas lojas. Comprar online tem a vantagem de não só termos acesso a mais lojas, mas também de evitarmos a confusão dos shoppings. Já conheço o meu tamanho na maioria das marcas que compro habitualmente e, a correr mal, a maioria das lojas aceita devoluções sem custos adicionais;
  • Pensar, sempre. É um pouco escusado dizer, mas devemos sempre pensar bem nas nossas compras. Por vezes apaixonamo-nos por uma peça, mas não temos ocasião para a vestir, não se enquadra no nosso estilo, o tamanho não é o ideal, enfim. Cada vez mais só tomo a decisão de comprar uma peça quando tenho 100% de certeza que se vai enquadrar nas minhas necessidades.

 

Espero que estas dicas sejam úteis e, se tiverem mais, por favor partilhem nos comentários :)

As fotos deste post foram retiradas do Pinterest.

COMPRAS NOS SALDOS | JANEIRO 2018

 Olá bonecas :) Estou de volta com um vídeo sobre as minhas comprinhas nos saldos!

 

PEÇAS MOSTRADAS DISPONÍVEIS ONLINE:
Saia-calção Zara
https://tinyurl.com/ycnxcaug 
Calças Benetton (em cinza)
https://tinyurl.com/yb4kntc4 
Camisola Benetton
https://tinyurl.com/yb74rlyw 
Camisola Bimba Y Lola
https://tinyurl.com/yc5rwt9l 
Camisola Malha Bimba Y Lola
https://tinyurl.com/y9ae4x6s 
Sapatilhas Bimba Y Lola (noutras cores)
https://tinyurl.com/y89b8tmg 
Estojo Bimba Y Lola
https://tinyurl.com/y7vug2xh 
Blusas Bimba Y Lola (não mostradas)
https://tinyurl.com/y7cujoay 
https://tinyurl.com/ycup9jdr 
Camisa Bershka
https://tinyurl.com/yconxo5f 
Loafers Pull&Bear
https://tinyurl.com/y94mf9gs 

LOOKS COM SABOR A OUTONO

 Agora que as temperaturas desceram significativamente, temos de pensar em manter-nos quentes mas com estilo, certo? Para hoje decidi trazer alguns looks quentinhos e confortáveis! Gosto imenso de fazer estes posts pois não só nos podemos inspirar com novas formas de combinar as peças que já temos, como podemos ver novidades agora disponíveis nas lojas. Podem passar o rato sobre as imagens para verem detalhes e, se clicarem sobre a tag da peça, são encaminhadas para o site onde podem ver o preço e, caso queiram, comprar.

 

 Este look é bastante simples e elegante, podendo facilmente ser adaptado para um look mais casual - com sapatilhas - como para um mais formal - trocando para uns sapatos, por exemplo. As calças dão o toque de cor tão necessário nos dias escuros.

 

 Este look é muito confortável e casual - conjugando jeans, que todas gostamos - e também super quentinho, devido à lã da camisola e ao casaco envolvente, que adoro!.

 

 Já este outfit é dos mais sofisticados, mas não deixa de parte o conforto necessário para longos dias de trabalho, já que as calças não são demasiado justas. Pode-se facilmente trocar os loafers por uns sapatos de salto, para um look mais formal.

 

 Este conjunto combina peças muito casuais, mas com pequenos detalhes que fazem a diferença, como o cinto das calças - que realça a cintura - ou o colete de pêlo, que é quente, confortável e na moda! Este look é perfeito, por exemplo, para um passeio ao fim-de-semana.

 

 Este look é muito jovial e não só nos mantém quentinhas - devido à camisola de lã merino -, como nos dá uma cor viva que alegra qualquer dia, enquanto permite combinar um casaco super tendência! O colar ligeiramente mais longo combina na perfeição com uma gola alta.

 

 O último look que vos sugiro hoje é perfeito para quem gosta de cor e padrão. O truque é escolher primeiro a peça com padrão e depois escolher peças mais simples dentro das cores presentes no padrão, de forma a criar harmonia.

 

 Espero que tenham gostado deste post e se inspirem para mudar um pouco os looks habituais :)

 

SOBRETUDOS A PENSAR NO FRIO

 Agora que estamos oficialmente em Novembro, temos sem dúvida que começar a pensar em manter-nos quentinhas enquanto as temperaturas exteriores baixam. Assim, hoje deixo-vos sobretudos bem giros e para todos os gostos! Deixo-vos também informação do material que cada um é feito, pois cada material pode ser mais ou menos quente e, portanto, melhor/pior para cada altura do ano ou zona do país, consoante a temperatura.

casacos1.png

Da esquerda para a direita:

Mango (99,99€ aqui) - Exterior: 49% lã, 45% poliéster, 4% poliamida e 2% acrícilo; Forro: 100% poliéster.

Massimo Dutti (179€ aqui) - Exterior: 65% lã e 35% viscose; Forro: 100% viscose.

Zara (79,95€ aqui) -  56% lã, 40% poliéster, 3% acrílico e 1% poliamida.

casacos5.png

Da esquerda para a direita: 

United Colors of Benetton (99,95€ aqui) - Exterior: 60% lã, 30% poliéster e 10% viscose; Forro: 100% poliéster.

Massimo Dutti (199€ aqui) - Exterior: 50% lã, 18% poliamida, 16% mohair e 16% alpaca; Forro: 100% viscose.

Bershka (39,99€ aqui) - Exterior: 36% poliéster, 36% acrílico, 16% lã, 5% poliamida, 4% viscose e 3% algodão. Forro: 100% poliéster.

casacos3.png

Da esquerda para a direita:

Bimba y Lola (216€ aqui - promoção!) - 49% lã e 51% poliéster.

La Redoute (77,40€ aqui - promoção!) - Exterior: 72% poliéster e 28% lã; Forro: 100% poliéster. 

Bimba y Lola (275€ aqui) - Exterior 1: 100% poliéster; Exterior 2: 16% elastano e 84% poliamida; Forro: 100% poliamida.

casacos2.png

Da esquerda para a direita:

Bershka (49,99€ aqui) - Exterior: 47% poliéster, 38% lã, 8% acrílico, 5% poliamida e 2% outras fibras. Forro: 100% poliéster.

Zara (89,95€ aqui) - Exterior: 75% lã e 25% poliamida; Forro: 100% viscose.

H&M (69,99€ aqui) - 67% poliéster e 33% lã.

casacos4.png

Da esquerda para a direita:

La Redoute (41,99€ aqui - promoção!) - 52% poliéster, 27% acrílico, 15% lã, 4% poliamida e 2% viscose.

Pull&Bear (59,99€ aqui) - Exterior: 56% poliéster, 17% acrílico, 13% viscose, 6% poliamida, 5% lã e 3% algodão; Forro - 100% poliéster.

Stradivarius (49,95€ aqui) - 92% acrílico, 3% poliéster, 3% lã e 2% poliamida.

casacos6.png

Da esquerda para a direita:

H&M (99€ aqui) - 34% acrílico, 33% poliéster e 33% modacrílico.

Massimo Dutti (149€ aqui - promoção!) - Exterior: 43% lã, 25% acrílico, 17% poliéster, 9% algodão e 6% alpaca; Forro: 100% viscose.

Springfield (49,99€ aqui) - 100% poliéster.

 

Qual foi o vosso casaco favorito desta selecção? :)

INSPIRAÇÃO | CALÇAS TAILORING

 No vídeo de ontem mostrei-vos umas calças de inspiração tailoring e expliquei que acho-as muito práticas para as jovens adultas, pois facilmente se podem transitar entre ocasiões formais e informais, permitindo adaptar perfeitamente a quem começou algum estágio ou trabalho, por exemplo. Apesar de eu ter comprado as minhas nos saldos, encontram algumas bastante giras nas novas colecções (como estas, estas, estas ou estas, por exemplo). Aqui fica um pouco de inspiração, tanto formal como casual :)

suittrousers1.jpg

suittrousers2.jpg

suittrousers3.jpg

INSPIRAÇÃO EM TONS DE ROSA

Sempre gostei de rosa mas ultimamente tenho tido uma queda enorme por tons rosa velho, rosa pastel e suas derivações, de tal forma que o meu próximo haul de compras talvez seja pink overload ahah! Dei por mim a pesquisar várias inspirações no Pinterest e lembrei-me de as partilhar convosco! Se acharem a ideia engraçada e quisessem ver noutras cores digam-me algo nos comentários :)

pink1.jpg

pink3.jpg

pink2.jpg

pink4.jpg

pink5.jpg

COMO CONSTRUIR O ROUPEIRO IDEAL A LONGO PRAZO

roupeiroidealpic.jpg

 Qualquer mulher sonha em ter um roupeiro repleto das roupas que mais adora e que a fazem sentir fantástica, mas também acontece com frequência o roupeiro estar cheio de peças que já não servem, das quais já não gostamos, etc, e que muitas vezes escondem as peças que realmente adoramos e nos favorecem. Já falámos por aqui várias vezes de como fazer uma boa limpeza ao armário, eliminando as peças que não nos fazem falta. Mas como se impede que tal volte a acontecer? Como se garante que as compras que fazemos em diante vão encaixar no nosso roupeiro de sonho? Aqui deixo umas dicas que me ajudam bastante!

QUALIDADE VS QUANTIDADE

  • Investe em básicos de qualidade. Eles são a base de todo o roupeiro e as peças que usamos com mais frequência, além de as podermos manter durante muitos anos. Assim, é essencial que sejam de boa qualidade.
  • Analisa a qualidade do tecido. É importante que o tecido tenha durabilidade e assente bem no corpo.
  • Analisa a qualidade da costura. Tal como é importante o tecido ter qualidade, também é importante que esteja bem cortado e tenha boas costuras, pois tudo isso irá contribuir para o corte da peça e para a durabilidade da mesma.
  • Aparência vs Tamanho. O tamanho escrito na etiqueta é apenas um guia. Devemos comprar a peça que nos serve bem e não a peça que tem o tamanho que "gostamos". Por vezes pode ser preciso aumentar ou diminuir um tamanho para que a peça vista bem e isso não tem qualquer problema.

ESTILO PESSOAL

  • Conhece o teu estilo e sê fiel a ele. Embora eu apoie que se experimentem novas tendências e peças, a verdade é que na maioria das vezes tudo é passageiro e podemos nem nos sentir confortáveis com determinada novidade. Apostar nas peças que gostamos, que sabemos que usamos e que são intemporais é sempre uma mais valia. Ao investir numa tendência devemos evitar comprar muitas peças ou investir demasiado dinheiro, pois se não funcionar podemos mais facilmente passar à frente.
  • Investe em algumas peças chave. Ter básicos de boa qualidade é fundamental, mas termos algumas peças chave no roupeiro - que dão vida aos looks - pode ajudar muito a evitar sentirmos que o roupeiro é demasiado monótono e termos vontade de comprar novas peças.
  • Paleta de cores consistente. Para que possamos criar o maior número possível de looks com menos peças, a paleta de cores deve ser maioritariamente neutra com algumas cores mais chamativas para salpicar.
  • Compra para hoje, não para "qualquer dia". Não adianta comprarmos peças para vestir um dia, para uma ocasião que possa surgir, enfim! Devemos comprar para hoje e para as ocasiões que sabemos existirem. Poupamos peças penduradas no roupeiro ainda com etiqueta durante meses ou anos!

 ORGANIZAÇÃO

  • Mantém a ordem no roupeiro. É importante manter o roupeiro limpo, as roupas devidamente dobradas/penduras e com espaço. Tenta tirar algo velho do roupeiro sempre que comprares algo novo, para que não encha demasiado. Limpa os móveis com frequência e utiliza anti-traças - que hoje em dia não cheiram nada mal - para manter a roupa impecável.
  • Dá uma volta de vez em quando. No início de cada estação dá uma vista de olhos no roupeiro, vê as peças que não foram usadas, que já não servem, enfim, e tira-as do roupeiro. Doar ou vender é uma escolha pessoal!
  • Cuida da roupa. Para que a roupa dure muito tempo e se mantenha impecável é importante lavar a roupa com cuidado, utilizando bom detergente, um programa gentil, lavar e secar do avesso e respeitar qualquer regra específica de limpeza (limpeza a seco, máximo 30º, lavagem à mão, etc). Pessoalmente, quando lavo a roupa na máquina prefiro lavar sempre no ciclo delicado e a frio, pois noto que a roupa não encolhe e mantém-se bonita por mais tempo.
  • Analisa as peças que já não funcionam. Quando decidires que uma peça já não pertence no teu roupeiro, tenta analisar porquê: Não gostas do corte? O tecido irritava a pele? A peça não tinha qualidade? Saber o que funciona ou não para nós evita que o erro seja repetido no futuro!

 

Espero que este post vos dê uma ajuda, se tiverem mais dicas por favor partilhem :)

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas Online

SweetCare® - Saúde, Beleza e Cosmética