Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

6 dicas para fazer compras de forma inteligente


Olá a todas! Espero que a vossa semana esteja a começar bem! Hoje trago-vos um post com dicas de como fazer compras de forma inteligente. Com a chegada do Outono são várias as pessoas que pensam em refrescar o roupeiro ou renovar as peças que precisam de reforma. No entanto, acho que todas nós já comprámos pelo menos uma peça que nunca chegámos a vestir ou que, no fim de contas, não era exactamente o que queriamos. Ou ainda podemos já ter comprado peças que acabaram por se estragar em pouco tempo. Para evitar essas situações, aqui ficam as minhas dicas!

1) Começa por dar uma vista de olhos no teu roupeiro: tira o que está velho, que já não usas, que não serve, etc. Depois pensa seriamente quais são as peças que te fazem mais falta e aponta num papel. Nos dias em que te estiveres a arranjar e sentires que te falta uma peça aponta nesse mesmo papel (ou numa aplicação no telemóvel). Quando fores às compras terás uma lista realista do que mais te faz falta.

2) Quando decidires fazer compras vai com tempo para ver as várias lojas, experimentar as peças, ponderar nas várias combinações, etc. Quando compramos com pressa acabamos por fazer compras pouco ponderadas. Pode também ser boa ideia levar uma amiga que seja honesta contigo, que te dê opiniões verdadeiras do que fica bem e mal.

3) Ao escolheres uma peça vê o material de que a mesma é feita, para teres a certeza de que tem boa qualidade, experimenta e pondera se realmente gostas de te ver, que tipo de combinações podes fazer com essa peça (quantas mais combinações possíveis melhor), se o preço realmente compensa para a qualidade e corte da peça, por quantas estações a podes usar, enfim. Ponderação é a palavra-chave.


4) Quando estiveres na dúvida relativamente a uma peça, ou porque é cara ou porque não tens a certeza do corte, enfim, não compres logo. Por vezes temos de namorar durante algum tempo uma peça para ter a certeza se realmente gostamos dela, se realmente nos faz falta, se compensa. Se ao fim de alguns dias, ou de algumas visitas à loja, continuares "presa" à peça, é porque provavelmente compensa o investimento.

5) Ao comprar online, é importante ter em consideração os tamanhos. Tira as tuas medidas, compara com as medidas fornecidas no site, vê a descrição das peças, os materiais de que são feitos e tenta ver se encontras alguma foto com a peça vestida em alguém (modelo do site ou num blog), pois dessa forma consegues ter uma melhor ideia de como a peça fica vestida. É sempre bom verificar se a loja online permite a devolução dos produtos, para o caso de não gostares.

6) As peças de cortes clássicos, elegantes e intemporais são sempre um bom investimento, pois nunca passam de moda e podem ser usadas em looks tanto informais como formais. Com as peças tendência que surgem em cada estação é preciso ter ponderação, avaliar se essa tendência nos favorece, se nos vemos a usar essa peça no ano seguinte e se o preço não é exagerado para uma tendência passageira. Peças básicas de bom corte e boa qualidade combinam muito bem com peças tendência mais acessíveis, pelo que será a melhor forma de construir os outfits.

Estas são as minhas dicas mais rápidas, básicas e fáceis de seguir na hora de comprar, pelo que espero que vos ajudem :)

Fotos: Mariannan

9 comentários

Comentar post

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas