Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Throwback Sundays #3: Linguagem de beleza: bb, cc, sérum??!!

 Esta semana quero recomendar-vos o post Linguagem de beleza, que não é muito antigo, mas convém sempre relembrar pois continuo a receber muitas perguntas sobre o que é cada produto, etc. Assim, no post encontram um dicionário da cosmética, para que percebam a função de cada produto. Podem ver o post clicando na imagem abaixo:

Bom Domingo :)

Weekend Post #4: O que significa para ti a maquilhagem?


 Hoje trago-vos um post de discussão, ou melhor, de partilha de ideias. A maquilhagem faz parte do dia-a-dia da maioria das jovens e mulheres adultas e é cada vez mais acessível às mais tenras idades. Hoje decidi partilhar convosco a minha história com a maquilhagem e a minha opinião sobre ela, e gostaria que fizessem o mesmo, pois acho fantástico saber de outras histórias e opiniões.

 A minha mãe sempre foi uma mulher que se arranjou bem e cuidou de si. Desde cedo que a vi maquilhar-se, especialmente com blush, rímel e batom. O que, obviamente, desde cedo despertou a minha curiosidade. Aos 12 anos tive o meu primeiro gloss com cor, um rosa clarinho, e usava-o todos os dias porque achava tão fantástico! Com 14 o rímel entrou na minha vida e era fantástico como me fazia mais desperta. Foi também nessa idade que a minha dermatologista me recomendou uma base ligeira, a OTC Compact, que era uma base compacta em creme indicada para quem tinha acne (hoje ainda existe a versão líquida em farmácias). Como desde os 13 sofria com algumas borbulhas, ela disse-me que poderia usar essa base para disfarçar um pouco a vermelhidão. Não dava muita cobertura, mas a pele ficava mais uniforme e disfarçava o tom vermelho das borbulhas. Foi então que a minha mãe me ofereceu um blush rosa clarinho, pois a base sozinha tirava um pouco as dimensões do rosto. E então, aos 14, eu tinha o meu primeiro kit de maquilhagem: gloss rosa, rímel, base compacta e blush rosadinho. Sentia-me mil e uma estrelas nos dias em que usava os produtos, apesar de não serem muitos, o que curiosamente coincidiu com o início do blog.

 Aos 15, já no Secundário, um pouco mais de liberdade e o início das saídas à noite com amigos, "descobri" o lápis preto. Comecei por usá-lo na linha de água quando ia a alguma festa, mas rapidamente começou a ser algo de todos os dias. E passei a usar não só na linha de água, mas também um pouco em redor do olho, ligeiramente esfumado, que gostava bastante. Até a minha mãe concordava que dava muito mais vida ao olhar! E diria que foi assim até aos 16. Aos 16 ainda usava bastante essa maquilhagem, mas comecei a interessar-me mais por diferentes produtos, novas técnicas, etc, sendo que foi aos 17 que comecei realmente a comprar uma maior variedade de marcas, procurar tutoriais, enfim.

 A maquilhagem não é essencial para mim, mas remonta-me ao espírito dos meus 14 anos, em que nos dá aquele bocadinho extra de auto-confiança e nos permite realçar aquilo de que mais gostamos. No dia-a-dia uso maquilhagem minimal, mas de vez em quando também gosto de brincar, fazer coisas diferentes e expressar-me mais. Porque a maquilhagem também é uma forma de expressão, e não uma forma de esconder o que não gostamos. E acho que é assim que deve ser encarada. A maquilhagem pode dar-nos um ar mais cuidado, mais profissional até, pelo que os lados positivos são muitos. E se tiverem manchas, acne, enfim, porque não cobrir esses problemas? É uma opção que está ao nosso alcance e nos pode ajudar a sermos mais felizes connosco :) Agora, a maquilhagem nunca é mais importante do que um bom cuidado de pele, pelo que esse deve ser sempre o primeiro investimento!

Como se sentem em relação à maquilhagem? Qual a vossa história? Partilhem comigo as vossas histórias e opiniões, deixando um comentário neste post. No dia 9 de Agosto vou sortear uma delas para ser partilhada aqui no blog e a autora receberá um presente surpresa :)

Formula X The System


 Para o post de hoje trago-vos um breve review do novo sistema de unhas da marca Formula X, um lançamento exclusivo Sephora. Este sistema promete unhas perfeitas durante muito tempo e já tenho vindo a falar sobre ele em vários vídeos, mas hoje queria realmente dedicar-lhe um post, pois acho que merece!

 O kit inicial é composto por um cleanser, uma base e um top coat e depois escolhe-se uma cor de verniz de entre as dezenas disponíveis. O kit "The System" tem o preço de 29,90€ e os vernizes custam 13,90€ se não estou em erro (os 3 componentes do kit inicial podem ser comprados em separado por 13,90€ cada). Assim sendo, sem dúvida é um investimento! Será que compensa? Como é que funciona?



 Vou primeiro debruçar-me na aplicação. O primeiro passo é aplicar o cleanser, que irá limpar a unha de todas as gorduras e impurezas, de forma a que o verniz possa aderir à unha. Seca instantaneamente, pelo que se aplica logo de seguida a base. Como qualquer outra base, o objectivo é proteger a unha, fortalecendo-a e impedindo que fique amarela, sendo que esta também agarra mais o verniz, uma vez que fica com uma textura meio "cola". De seguida aplica-se o verniz escolhido de forma habitual e, por fim, o top coat, que irá dar brilho às unhas e proteger o verniz, fazendo com que dure mais tempo sem escamar.

 Nas minhas unhas, fazendo as 4 etapas, o verniz fica impecável durante 2 semanas e acabo por ter de o remover porque se nota bastante o crescimento da unha. No caso da minha mãe o verniz dura 3 semanas antes que o crescimento da unha seja visível ao ponto de ter de mudar, tudo depende um pouco da velocidade de crescimento da unha de cada pessoa. É raro o verniz lascar! Se usarem o The System (Cleanser, Primer e Top Coat) com vernizes de outras marcas irão também prolongar a sua duração, uma vez que já experimentei com vernizes da Kiko e Chanel, fazendo-os durar quase o dobro do tempo que duram habitualmente. Assim, acho que é um bom investimento caso procurem uma manicure de longa duração. Caso gostem de mudar a cor frequentemente, penso que não vale a pena investir tanto nestes produtos, pois de facto o principal objectivos deles é dar a duração de um verniz de gel sem ser necessário aplicar o mesmo. Tal como não acho que adquirir apenas os vernizes seja uma boa opção, pois eles duram tanto tempo em conjunto com o sistema e não por si só, pelo que a melhor opção será adquirir os 4 produtos caso estejam interessadas.

 Já alguém experimentou produtos da Formula X? Qual a vossa opinião?

Pág. 4/4

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas