Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão

Viver ou sobreviver?

Fiz esta tatuagem a 11 de Março :)
Este post hoje vai ser um pouco diferente do normal, mas quem me segue há algum tempo sabe que de vez em quando gosto de ter esta epifanias. Porque, afinal, sou de carne e osso. Por vezes neste blog sou chamada de fútil, mimada, infantil e mais um monte de coisas que não vale a pena estar a desenrolar. Cada um tem a sua opinião e nem vou discutir isso, embora essas opiniões sejam formadas por quem nem sequer me conhece na realidade.
Mas uma coisa que me dá voltas ao estômago é que me digam que não sei o que é a vida, que vivo num mundo cor-de-rosa onde tudo é perfeito e por isso não entendo os problemas dos outros. Na verdade este último ano, e principalmente estes últimos dois meses, fizeram-me crescer mais do que 20 anos da minha vida. Hoje em dia sei o que é a dor, o sofrimento e o desespero. Sei o que é olhar em frente e não ver a luz ou o caminho. Sei o que é sentir que a vida não significa nada. Sei que cada um tem os seus problemas, e não olho para os meus como se fossem mais graves ou mais importantes do que os dos outros, porque cada um sofre consoante o que já viveu. Eu  perdi parte de mim. Perdi o meu porto seguro, perdi o meu ídolo, a pessoa por quem sempre me guiei e que sempre tinha um sorriso para me dar ou me dizia "tem calma, vai ficar tudo bem". Tenho um vazio no peito que sei que nunca vai ser preenchido. E a verdade é que vivo com isso, todos os dias. Vivo com isso e continuo a tentar dar o melhor que tenho de mim aos outros.
Uma mensagem que o meu pai me deixou antes de partir, é que devemos viver e não sobreviver. Devemos fazer o que nos faz felizes e dar menos importância a opiniões alheias e problemas sem importância. Devemos tentar sempre ajudar os outros na medida do que podemos, mas não podemos deixar de viver a nossa vida só porque alguém não a pode viver. Quando chegar a nossa hora, o que levamos connosco é o que vivemos e nada mais. As memórias que deixamos nos outros são as que vivemos com eles e não outras. Aquilo de que sentimos falta quando temos saudades de alguém, é daquilo que vivemos com essa pessoa e do que ela significa para nós. Não é por vivermos todos os dias revoltados porque alguém tem mais do que nós, gasta mais do que nós, ou enfim, que vamos ser mais felizes. Não é por não comprarmos nada porque há quem não possa comprar que vamos ser mais felizes. Mas também não podemos sofrer porque alguém comprou e nós não podemos. E isto são exemplos. Vamos ser mais felizes se fizermos o que nos faz felizes. E a vida é curta, muito mais do que por vezes possamos pensar.
Devemos sempre ajudar o próximo, humano ou não, porque fazer os outros felizes também nos faz felizes a nós. Mas ninguém tem de saber, não temos de espalhar ao mundo nem escrever na testa só para que todos saibam que somos boas pessoas. Nem temos de deixar de fazer aquilo que gostamos e nos dá prazer. Temos de encontrar o nosso equilíbrio e dar valor e importância ao que realmente os tem.
Por vezes o rumo de vida que levamos não é o que nos faz felizes e nesse caso devemos mudar, procurar sempre o que realmente nos preencha. E nisso eu sou uma corajosa, pois não tenho receio da mudança. E ninguém tem nada a ver com isso. Achamos sempre que temos o direito de opinar sobre a vida dos outros, a coscuvilhice está-nos no sangue, mas a verdade é que não temos esse direito. Cada um deve viver a sua vida como entender, nem Deus agradou a todos. O que para uns é bonito para outros é feio e nós vivemos não para agradar aos outros mas a nós próprios.
Não tenham medo de seguir o vosso caminho, não sabemos quantos anos por cá vamos andar e, com muito ou com pouco, temos de aproveitar o que a vida tem para nos dar e trabalhar para, quem sabe, conseguir mais um pouco. Passar tempo com quem amamos, fazer o que gostamos. Viver e não sobreviver.

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas Online

SweetCare® - Saúde, Beleza e Cosmética