Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Água para uma pele bonita

Queres o segredo de uma pele lisa e macia? É simples, o segredo está numa hidratação adequada! E para isso, basta beber entre 1,5 L a 2 L de água por dia ou, se preferires, podes substituí-la por chá, infusões ou sumos de fruta, sem adição de açúcar. Vai bebendo líquidos durante o dia, para manter uma hidratação constante.
As células que constituem a derme (camada profunda da pele, coberta pela epiderme) encontram-se mais expostas à desidratação do que as restantes células do organismo. Se a tua pele se encontra desidratada pelo frio, vento, ou pelos ambientes sobreaquecidos, terá tendência para estriar e enrugar. A desidratação corresponde a falta de água, enquanto que a pele seca corresponde a uma falta de lípidos. Conjuga tudo isto com um bom creme e estarás perfeita. =)

5 estratégias para remodelar o corpo antes do Verão

Esculpir os braços e o peito
Os músculos dos braços são os bícepes (à frente), os trícepes (atrás), o deltóide (ombros) e o grande peitoral para o busto. Com a idade, os tecidos dos seios e trícepes acusam uma importante perda de firmeza. Para os musculares, os desportos a privilegiar são o ténis, o remo, a natação, a escalada, o badmington e a canoagem.

Exercícios para :
- os bícepes : em pé, com os braços esticados apoiados na parede, mãos espalmadas, dobra e estica os braços, mantendo as costas bem direitas. Faz 4 séries de 10 movimentos.
- os trícepes : sentada no chão, pernas flectidas, apoiando-se nas palmas das mãos com os braços dobrados para trás, eleva a bacia esticando-os. Mantém a posição por 5 segundos. Faz 3 séries de 10 movimentos.
- o peito e os ombros: segurando nas mãos pequenos halteres ou garrafas de água, de pé, com as pernas afastadas e flectidas, dobra os braços mantendo os cotovelos à altura do peito por forma a que os alteres fiquem em frente da cara. Une os cotovelos e depois afasta-os o mais possível para os lados. Faz 4 séries de 10 movimentos.

Definir a barriga e a cintura
Para o conseguir uma barriga lisa e uma cintura definida, trabalha os abdominais: os oblíquos (nos lados) e os frontais. As actividades apropriadas para esculpir estas partes do corpo são a patinagem, a marcha e a hidroginástica. O resultado, mesmo não sendo imediato, é eficaz.

Exercícios para :
- a barriga: deitada sobre as costas, pernas ligeiramente flectidas, toca nos tornozelos com os braços esticados soerguendo os ombros. Mantém por 8 segundos. Faz 3 séries de 10 movimentos.
- a cintura : coloca um bastão de cerca de 1 metro, sobre os ombros e segura-o com ambas as mãos, depois gira o tronco alternadamente para a esquerda e para a direita, sem movimentar a bacia. Faz 3 séries de 10 movimentos. Estas torções solicitam os oblíquos afinando a cintura.

Tonificar as coxas
Se é certo que as coxas se musculam rapidamente, para as por em forma é necessário fazer trabalhar todos os músculos: os quadrícepes (à frente), os adutores (interior) e os isquio-tibiais (atrás). Estes últimos, normalmente pouco solicitados, acumulam celulite e descaem com a idade. Dá prioridade a actividades como a bicicleta, a patinagem, a dança, a marcha, o jogging, a hidroginástica e a equitação.

Exercícios para :
- os quadrícepes : sentada na beira de uma cadeira, levanta uma perna bem esticada para que fique horizontal, estica a ponta do pé e depois aponta-a para ti. Faz 10 movimentos por perna.
- os adutores : sentada no chão, plantas dos pés bem assentes, apoia as mãos nos joelhos e tenta forçar a abertura das pernas 10 vezes seguidas.
- os isquio-tibiais: deitada sobre a barriga, a cabeça sobre as mãos, levanta uma perna até sentir um « travão », depois baixa-a mas sem a pousar no chão. Faz 4 séries de 5 movimentos por perna.

Redefinir as nádegas
Para conseguires nádegas firmes, é necessário trabalhares os glúteos (grandes, médios e pequenos). Os desportos mais eficazes são a dança, a patinagem, a marcha, o jogging, a hidroginástica e a equitação.

Exercícios para :
- as nádegas: deitada sobre as costas, pernas dobradas com os pés assentes no solo e braços ao longo do corpo, sube e desce a bacia sem tocar o chão, contraindo as nádegas e mantendo os ombros apoiados no chão. Faz 4 a 5 séries de 20 movimentos.
- a base das nádegas: de gatas, com os antebraços pousados no chão, estica bem uma perna de forma a que fique horizontal, eleva-a cerca de 20 centímetros e baixa-a sem tocar o solo. Faz 2 séries de 15 movimentos para cada perna.
- o topo das coxas: em pé de lado para a parede apoia-te na parede com o braço direito bem esticado mantendo o esquerdo na anca. Com a perna esquerda faz uma série de batimentos laterais, depois à frente e por último para trás, sem tocar o chão.
Faz 3 séries de 25 movimentos por perna.

Alongar a barriga das pernas e o tornozelos
Conseguir pernas e tornozelos esguios não é fácil! O volei, o volei de praia e o stretching, suscitam o alongamento do musculo, tornando-o mais esguio. Para esculpir os tornozelos, dá preferência à bicicleta.

Exercícios para :
- os gémeos : braços esticados e apoiados na parede (pés a cerca de 90 cm da parede) com as mãos espalmadas, dobra a perna direita, levanta o calcanhar e volta a apoiá-lo no solo. Faz 4 séries de 15 movimentos por perna.
- os tornozelos: sentada, costas direitas, pernas esticadas e afastadas e braços esticados ao longo da bacia, eleva um pé cerca de 3 centímetros e trabalha a flexão e extensão com a ponta do pé bem esticada. Faz 2 séries de 10 movimentos por perna.

Porque não resultam as dietas?

São muitas as pessoas que fazem dietas sem efeito a longo prazo, ou até mesmo causadoras de um ganho de peso adicional. A pessoa sofre para ficar com mais saúde? Deve existir aqui algo de estranho!

Vamos esclarecer este mistério neste artigo e as suas principais causas, para que consigas alimentar melhor o teu corpo e a tua mente sem prejudicares o teu organismo.

Se as dietas que experimentaste não resultaram, então já chega de experiências! Sem haver uma alteração do estilo de vida bem sucedida, a dieta dificilmente terá efeito a longo prazo. No entanto obter a motivação suficiente para alterares o teu estilo de vida de uma forma eficaz é o segredo de um emagrecimento saudável e permanente.

A maioria das dietas têm como base a restrição de alimentos ou mesmo de um grupo específico de alimentos, como por exemplo a restrição daqueles ricos em hidratos de carbono (arroz, massa, pão, cereais, leguminosas e até fruta). Estas medidas levam à excessiva ingestão de alimentos ricos noutros nutrientes, como proteínas ou gorduras e à deficiência de outros nutrientes deveras essenciais ao funcionamento do organismo, como vitaminas e sais minerais. As dietas tradicionais são chatas e monótonas, conseguem proporcionar uma perda de peso rápida, mas de uma forma perigosa para o organismo. A longo prazo é evidente o ganho de peso que tinha sido perdido, mas na forma de gordura, não sendo benéfico para a saúde.

Pegando no mesmo exemplo, as dietas que restringem os hidratos de carbono pecam a nível nutricional, porque precisamos de hidratos de carbono (HC) complexos (cereais integrais, massa, arroz, etc) para pensar, para ter energia e para ter uma atitude positiva, uma vez que a falta destes alimentos é responsável pela diminuição de humor no decorrer da dieta. A ausência de HC complexos reduz muito a ingestão de fibra alimentar, essencial para o funcionamento intestinal, sem ela corre-se o risco de aparecer a obstipação, dores abdominais, cansaço, irritabilidade e até dores de cabeça e depressão.

Os alimentos ricos em hidratos de carbono são responsáveis por fornecer energia ao organismo e, na falta destes, o corpo fica obrigado a degradar o seu próprio músculo para obter energia essencial às suas funções.

Quando fazes uma dieta deveras exagerada, o organismo “pensa” que vai passar fome, logo passa a ficar poupadinho e gasta menos energia. Quando passas a fazer a tua alimentação normal, o que ingerires vai ser armazenado na forma de gordura e mais dificilmente conseguirás perder peso.

O plano alimentar deve consistir numa mudança de estilo de vida dentro da possibilidade de cada pessoa, para que existam resultados a longo prazo é necessário uma alimentação rica em bons alimentos onde a variedade dita o segredo, não tens necessariamente de comer pouco, tens sim de comer bem.

Por outro lado, temos as dietas que destinam um alimento para cada dia, mas o nosso organismo é uma máquina que junta os nutrientes de vários alimentos com a finalidade de criar células e compostos essenciais, para que consigamos viver, no entanto é necessário que esses nutrientes sejam fornecidos ao mesmo tempo. Estas dietas não possibilitam a reposição de células e compostos essenciais ao seu funcionamento, sendo por isso muito prejudiciais.

O nosso organismo gasta energia, no entanto o tecido que gasta mais energia para se manter é o tecido muscular, logo deverás praticar actividade física de forma controlada e regular para obteres este aumento de gasto energético.

Não agridas mais o teu corpo, tenta ditar a paz para sempre, muda o teu estilo de vida!

Pág. 2/2

A Blogger

Cláudia, biomédica de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook

Lojas